Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

The legend of gold (Window`s mood)

Saturation of in the happiest impressions

 

Looking the landscape in my mood faithful

rely on all the thoughts in pleasure again...

Reflexions in the beauty grow in my mood

failing hopes in the heart as the same!

Kindness lingers with rain drops in a flower

marvelous connection with transitions in its rich power.

 

Veracity of synchronicity of nature

is never static is slower or faster;

illustration is vain or pure.

Then is a surprise i became his master;

complain with its chaos original...

I can do everything to show the gold of its signal! 

 

I never be far from the pleasure;

of be part of the treasure:

to measure my implicit desire,

in my gaze to admire:

a dream which i can change with my inspiration;

reflected with my window mood, i mingle three plans

                             in happy inclination  

 

My window mood in observation;

i draw slowly my attention...

I choose change the place before;

making choices with the dream i dream more:

Two parts of the profound soul window;

unity of three inclinate plans seduces me so!

 

          The image inside out

"Ab initio" : Contemplation, commotion and clever curiosity 

I`m in front of my words means:

words can be my feelings, hopes and dreams in motion...

My the rectangular perfect window reflecting my soul;

the legend stored of universal thoughts:

The search of happiness lost in confusion,

              can`t be found

Can`t live with no hope, perishable, but visible to my mood fly!

An inclinate plan join a roof house, a tree, the sky

          and keep hiding the real ground

 

***...A arte serviu sempre aos homens para que possam fixar sensações agradáveis ou interessantes ao seu espírito, ou sejam revelações das mais subtis momentos do subconscientes que exaltam em nós o sentimento da vida,...Excerto retirado do livro: "Não é artista quem quer" de Raul Lino

Translation:... Art has always served men so that they can fix pleasant or interesting sensations to their spirit or be revelations of the subtlest moments of subconscious that exalt in us the feeling of life,... Excerpt taken from the book:" Is not an artist who wants" By Raul Lino       

Rosamar  Freedom

publicado por lybelinha às 14:41

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Realidade tão invisível, ...

. Egoísta, talvez não - Sel...

. Poesia e "nonsense" - Poe...

. O equilíbrio do significa...

. Out of time ( to fill the...

. Nunca me disseram ( palav...

. À roda de tudo ( o meu po...

. Expressões (indiscretas) ...

. Tudo está por dizer (real...

. Tão breve - So brief

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Janela da imaginação - es...

. A criatividade do sonh...

blogs SAPO

.subscrever feeds