Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Tédio (dos versos não contados) - Boredom of the verses not counted

Como saberia que o fulgor,

da vida de um poeta

é pura exaltação dos versos,

que vacilam na comunhão e valor

de todos os sentidos que empresta.

 

Que em sua lembrança mais constante

ampara tanta tristeza;

que se indigna na indiferença,

em que eleva dor e aspereza

que se transfigura sem que peça:

num desejo de esperança vacilante!

 

Oh o tédio tão, tão vitorioso,

que se instala sem licença

para ser mordaça da liberdade,

que representa a legitima defesa

da infame e nefasta vulgaridade!

Que torna os dias em versos ocultos de tédio e de tristeza...

*******************************************************************

Translation:

Boredom of the verses not counted

How would you know that the blaze

of a poet`s life

it is pure exaltation of the verses,

that waver in communion and valour

in every senses that lends.

 

That in his most constant memory

holds so much sadness;

indignant in indifference,

in which elevates pain and harshness

which is transfigured without being asked:

in a faltering hope desire!

 

Oh,  the boredom so, so victorious,

that installs without license

to be freedom gag,

which represents the self-defense

of the infamous and evil vulgarity!

That makes the days in verses hidden from boredom and sadness...

*********************************************************************

    Rosamar  Freedom