Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Sonhos triviais (na manhã de neblina) - trivial dreams (on foggy morning)

"Só a profundidade do ser sonha os sonhos verdadeiros"

"Only the depth of being dreams the true dreams"

No mistério de sonhar,

enleio os pensamentos;

para enfim realizar:

tantos instantes e momentos ,

que me surgem então impossíveis!

 

Mas, se não posso ditar meu parecer

para os sonhos reais ( no sono );

que sem os querer ( por que os recordo de manhã ),

muitos não entendo, tão desconexos, e outros  tão banais e incompletos...

Que a minha cartilha dos sonhos é para sonhar acordada!

 

Nesta verdade tardia poetizada;

mantenho-me acordada no embalo da noite cheia de sonhos...

Que simula a claridade breve adiada,

de tantos dias diferentes e risonhos!

E vou-os recordando um a um nesta surpresa revelada do poema!

Tradução:

In mystery of dreaming,

i enmesh the thoughts;

to finally accomplish:

so many instants and moments,

that suddnely appears come to me impossible!

 

But if i can not dictate my opinion

to the real dreams (in sleep)

that without wanting them (because i remember in morning),

many do not understand, so disconnected and others so banal and incomplete...

That my book of dreams is to daydream!

 

In this late poeticized truth;

i keep waking up in the midst of night full of dreams...

Which simulates the brief clarity delayed,

of so many different and laughing days!

And i recall them, one by one in this revealed surprise of the poem!

 

Rosamar  Freedom