Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

18.02.22

Ler poemas ( como se o sonho acabasse? )

O meu sonho é: todas as palavras que escrevo - My dream is: all the words i write


lybelinha

Reading poems ( as if the dream ended? )

Rima interpolada - Interpolated rhyme

Desperto do mistério do meu poema,

que me intercepta em todas as horas:

na viagem das palavras, que são demoras...( anseios )

Todas as palavras são vigília para o sonho que me prenda!

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::~~~~~~~~~~~~~~~~::::::::::::::::

I wake up from the mystery of my poem,

that intercepts me in all hours:

in the journey of the words which are delays... ( yearnings ) 

All words are wakefulness for the dream that holds me!

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»**********««««««««««««««««««««««

Poema que respira sempre o melhor da vida;

que só emociona pela ideia em que o sonho é revelação!

Enternece por que devesse improvisar a quimera em expressão:

transformando o sonho em liberdade depois de perdida?

=============================***********================

Poem that always breathes the best of life;

that only thrills for the idea that the dream is revelation!

Moves me why i should improvise the chimera in expression:

turning the dream into freedom after being lost?

"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

A ideia alicerça todas as emoções do meu poema:

no seu fim, enfim, por triste, sabe que foi o último.

Mas também mais uma soma de divagações no desejo múltiplo,

em que o sonho nunca morre na "tinta da minha pena"!

ººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº

The idea underlines all the emotions of my poem:

at its end, finnaly, for sad, it knows that it was the last.

But also one more sum of ramblings in the multiple desire,

in which the dream never dies in "the ink of my feather"!

"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

  Rosamar  Freedom