Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Fada madrinha ( na procura do lugar dos poetas no mundo )

Fair godmother( in search of poets`s place in the world )

       Musa inspiradora - Inspiring muse

Todas as formas, todos os saberes

me licenciam para um método,

que é o de aprenderes:

em possível esmero que revérbero

em sonhos longos sem lacunas e brumas...

 

All forms, all knowledges

taught me to a method,

that is to learn:

in possible care that i shine

in  long dreams without gaps and mists... 

 

A completude que é o silêncio da alma,

que vence a escala do mal;

e pondera o sonhar que salva a fascinação, o mito,

numa determinação para ser admiração afinal!

Por todos os seus lados se perspectiva o cósmico infinito...

 

The completeness that is the silence of the soul,

which overcomes the scale of evil ;

and ponders the dream that saves the fascination, the myth,

in determination to be admiration after all!

Through all their sides are the cosmic infinite...

 

Legado de inspiração de tão repleta poetisa;

mais aventureira do desejo de encontro

com o lugar do humano na imensidão do mundo!

Fada madrinha ou profetisa,

numa liberdade tão inteligente e ambiciosa do ser profundo. 

 

Legacy of inspiration from so full poetess;

 more adventurous of the desire to meet

the place of the human in the immensity of the world!

Fairy godmother or prophetess,

in such an intelligent and ambitious freedom of deep being.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Desculpas por conhecer pouco da obra da poetisa portuguesa Sophia de Melo Breyner Andersen. O pouco que conheço é a base coincidente do sentimento muito forte que me liga ao oceano atlântico que é traço marcante da personalidade histórica portuguesa. As passagens que li dos pensamentos que a definiam na sociedade como se fosse activista política no seu país e no mundo impressionaram-me e fizeram-me pensar e invejar a sua coragem.

  No tempo presente os estudos literários sobre o cerne que tem a sua parte mais forte para ser fio condutor do que pode guiar o horizonte dos escritores de romances literários é a personalidade política principalmente do seu país.

  Nos nossos dias, sem se pensar, o paradigma mudou e a globalização tornou o poder político muito centrado na parte mais forte da economia mundial.   

  Dedico estes pequenos versos por o pouco sei sobre ela que é muito para pensar que é uma das poucas poetizas portuguesas do séc. XX  mais completas em todas as áreas da escrita. Musa inspiradora que me inspirou a escrever e há muito que ela falava da "era do vazio", mas nem todos sabem que há ainda muita vontade de fazer desaparecer esse "vazio voraz e destruidor". 

    Rosamar  Freedom