Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

29.03.22

Data ama o tempo - Date loves time

Breviário de solages de alma - Breviary of solaz of soul


lybelinha

"Guerra, tragédia cruel"  "Cruel tragedy war" 

O poema sobre tudo, o mundo, a liberdade;

nas rédeas da inspiração, a guerra, a destruição, só desinspiração!

Mas que tudo me foi falando desta verdade:

a reclamação criativa rima e reanima-se muitas vezes com desastre!

É que entendimentos com o valor do bem é impossibilidade, trevas e prisão.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O poema ganha toda a força na tragédia humana tão cruel...

O tempo deixa de ser, desintegrado em ofício poético.

Quebra-se e explora o desânimo, para reavivar a memória indelével,

que se guarda toda como o sol imperfeito em sentir estético...

Mas agora é infame, integra-se tudo de novo, com a tragédia, é uma lua de fel! 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Inspiração poética, expressão dialogante com o tempo vigente exacerbado?

Tem a voragem e a felicidade que guarda no mesmo lugar:

a panaceia das ideias, a alegoria das ideias sem a vontade quebrar!

O poeta não desiste, é a sua vida afirmada no encontro selado

com as esperanças mortas da data do tempo presente.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Hoje a poesia é o dia do seu sentimento e aniversário...

Fora de moda da cultura de massas sem pontos de referência;

enceto em todos os seus solazes de alma e seu breviário com alento:

preponderante para mim na humanidade e sua permanência!

Nos seus motivo rogados pelos seus valores, calados, em seu pensamento 

no silente de um grito de liberdade...

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

     Rosamar  Freedom