Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Conto - género literario de poder simbólico e evocativo ( sua criativa forma )

     O  conto depende do seu poder simbólico e da sua ênfase , da empatia que as personagens principais demonstram em relação ao poder representativo que as escassas e muito fortes personagens secundárias representam. Sem estas personagens, símbolos principalmente de tudo o que as personagens principais possuem no seu interior e que por vezes está oculto e não é visível no seu comportamento, o conto tinha de si apagado a base que o estrutura ou o pano de fundo.  

     A sua linguagem metafórica exprime bem um sentido implícito,  que se encontra escondido, que tem de se subentender. Devido a isso penso que as relações entre as personagens são como se fossem encontros de pessoas com os seus próprios egos, ou ofuscados por variadas razões ou pura e simplesmente porque o ser humano a maioria das vezes só se consegue revelar num espaço invisível.  A isso chama-se a metamorfose, que é o poder que o ser humano tem de se revelar sempre uma muito melhor pessoa!

     Por isso posso dizer que a experiência que utilizei para escrever ( de forma amadora ) um conto, foi apenas a sabedoria do meu alter- ego que me guiou num labirinto que aos poucos se foi. tornando consciente e por isso dizível através da linguagem que é tradutora de todos os nossos sentimentos mais puros e intrínsecos e por isso os mais verdadeiros. 

  

             » Continuação »