Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

A forma das lágrimas ( de margem em margem )

Tecidos e tristes infundados sentimentos

Que queimam a alma incompleta

A alma que busca paragem incerta

que se consome em desaires e desvarios

Que se abandona em indecisão desperta

Que não sossega, nem se entrega a dados medos

 

Nessas formas ângulares e sinuosas que caêm

Em forma de tecidos e sensíveis lamentos

As lágrimas que se desenham sem segredos

que nascem da dor que vai e vem

Do amor que resta de tristes desalentos

Evaporam-se no transparente nada da voragem

 

Iluminam o ódio, a dor e o amor querido

Tranparentes em silêncios que não se vencem

Em círculos incertos na limpidez de um bem cálido

Que insinua destemida e tamanha coragem

Na noite do desencanto perdido

Que clama na justa chegada à sinuosa margem!      

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.