Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

As lacunas do sofrimento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Escrever não é sentir o sofrer

é apenas lutar por o esquecer.

Encostá-lo à parede do tempo

destruí-lo, arrasá-lo ao relento.                          

  

Ser livre, é vencê-lo então!

Dar-lhe um qualquer destino...

E jamais sentir o coração na prisão,

a matar o pensamento e o tino.

 

No resvalar do seu fel

Que faz arder a pele,

Dou por ele a fazer doer

por não ser dizível dou-lhe ser.

 

Esse ser sofrimento,

percorre todo o meu sentimento...

Não pede guarida, é evasivo,

e esmaga-me o querer do pensamento sem aviso

 

Não é possível falar da dor!

Sem dela ter o seu perfeito conhecimento.

Não é possível falar da dor,

sem se dar urgente ao seu esquecimento

 

A incompatibilidade é o desespero,

de não pensar nunca a dor.

Rios e rios de sofrimento desperto...

Numa estranha emoção que não sente a dor!

 

Por mais que tente e tente 

Não existem palavras para o sofrer,

Apenas mentiras e imaginação para o preencher

nada o traduz, tudo finge e mente!

 

Simular a dor é arrancá-la da emoção.

Se ela existir, a palavra é não surgir.

Adormece a mente e cala o coração a fingir,

numa loucura desmedida feita prisão!

 

Quis idealizar essa fuga,

Da prisão do sofrimento 

Percorri chão com ela tão muda.

Essa dor que insistia sempre perto.

 

Só depois que inventei letras

e umas mil e tal palavras,

é que senti que a venci

entre lacunas de solidão e vazio a esqueci!

 

Falar da dor assim,

É só tentar torná-la inexistente.

Para poder semear o amor em mim...

E guardar a ilusão que posso falar dela como quem a sente.   

 

 


Rosamar  Freedom

 


" A dor - nada de mais estranho ao pensamento. Sofre-se e isso impede de pensar. Pensa-se a dor e já não é  dor( ... ). Entre a emoção e o pensamento há uma espécie de incompatibilidade. Entre a dor e o pensamento, a incompatibilidade é extrema " ,    Autor ;  Eduardo Prado Coelho