Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Galáxia

 

 

 

    - Esse é um dos mistérios que te encanta e o outro qual é? - indagou Divina muito curiosa.

    Alípio levantou o olhar e fixou o seu olhar no olhar de Divina de uma forma tão persistente e penetrante que Divina se sentiu quase encadeada pelos seus olhos. Alípio disse com uma firmeza fora de comum:

    - É o amor entre duas pessoas. - afirmou veemente

    - Ah, o amor é para ti um mistério... - balbuciou Divina a medo

    - É porque o amor sente-se e dá-se, não se explica muito. A não ser quem o consegue ilustrar, quer por palavras, quer por imagens.Através da poesia, da literatura, das artes plásticas, da música, do cinema, do teatro. São meios primordiais para nos dar as mais clarividentes simulações do amor.

    - Então as pessoas chamadas " comuns ", não gosto muito deste termo, pois parece-me um estereotipo,... 

     - As pessoas não se agrupam ou catalogam, é realmente um absurdo, mas continua o que querias dizer. - pediu Divina

     - Não têm tanto talento para exprimir o amor, a não ser através dos actos e dos sentimentos. - concluiu Alípio