Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Cultivar o saber da alma ( E só depois partir para o saber erudito )

17.01.09, lybelinha

A ordem das coisas

 

Um " clássico " ou um livro que nos possa marcar a personalidade futuramente, segundo o meu ponto de vista, só se deveria aprender ou ler quando já conhecemos o tanto valioso que possuímos no nosso saber humano da alma com todas as suas características - o nosso livro adormecido da alma - Ter acesso ao índice da nossa alma,  ou à posterior o teremos de desenvolver é o ponto de partida para não cair no erro de nos enganarmos com um dos mais terríveis enganos! Acreditar que um livro louvado por alguns e elevado ao pedestal por outros nos pode alimentar a alma sem que nos apercebamos e ter uma influência quase invisível em toda a nossa conduta pela vida fora. ( pois sem ajuizarmos em causa própria o que é uma má influência pode-se metamorfosear em boa sem que pensemos sequer nisso ).

    Primeiro acredito que o juízo de tudo é feito a partir da nossa avaliação como seres humanos e após isso irmos olhando aonde nos apraz e onde encontramos o bem para  nos podermos enriquecer na alma humana.

     Não me querendo alongar pois considero que se aprende de verdade por meio da simplicidade, de que valem muitas palavras cheias de erudição para transmitir algo que poucos entendem, se o que se quer é chegar ao coração dos homens.

      O grande desafio do nosso tempo futuro, definir o humano.  

       Se tudo se baseasse no equilíbrio das coisas, o nosso mundo seria bem melhor, porque quando imagino gráficos sobre tudo o que compõe o mundo, deparo-me com as maiores oscilações e desequilíbrio que existem na forma mais exacerbada do absurdo!  Alguns itens; Fome, distribuição da riqueza, Igualdades e direitos, Liberdade de expressão...

       Em resumo penso que não somos seres programáveis, mas sim seres que se podem educar. E uma boa educação não pode dar frutos se não nos valorizarmos a nós próprios, não há separação do ser e da educação, é algo que se constroi com a nossa participação. Por mais que se pense que não, há sempre alguma coisa dentro de nós para valorizar e para se desenvolver.