Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Alma rimada

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

O poema é um mundo - The poem is a world

"A poesia é infinita, o poema só jaz"

23.10.22, lybelinha

Fui navegando na poesia que me escolhia,

que por ser ambiciosa, o melhor poema

sem a contemplação do mundo não enceto

com todo o fascínio que o inefável encena:

como um oleiro a moldar, a reproduzir, e nada se perdia...

E vou pelo desejo de viver sem sossego!

----------------------------------------------------------------------------------

Quando olho o poema ele já jaz no seu desfecho;

como um girassol que já não desponta,

preso na procura do sol vindo do céu aceso:

brilha tão belo e desvanece-se, mas não volta!

Mas eu não o abandono, olho-o outra vez com outro ensejo,

pelas palavras escondidas em seu labirinto em que me perco e regresso...

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Seguindo misteriosamente a sua inspiração,

que me exalta os sentidos do sonho;

em que simulo todo o mundo do meu poema!

Mas a felicidade é interrompida na sua liberdade e ambição...

Que infinita é a poesia que exala nas letras do poema que escolho

para cintilar tenúe em mais uma forma de milagre em que abro o coração!  

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   Rosamar  Freedom

A minha experiência ( maravilhosa ) - My ( wonderful ) experience

O extra-musical nas artes - The extra-musical in the arts

08.10.22, lybelinha

                                         O purgatório e o sonho 

Duma forma abrangente decalco ou traduzo o conhecimento que adquiri após uma experiência directa de observância e reconhecimento nas artes, especificamente nas arte musical, que relaciona permanentemente um intercâmbio de vivências e sentimentos regulados amiúde pelas lembranças, mas não só, também pelo presente imediato. Se por vezes pensei não sentir nada, ao conectar aos meus sonhos e fantasias, à minha imaginação tudo começou aos poucos a fazer sentido. Tinha uma certeza, a música deu-me asas para sobrevoar todos os meus sonhos!

    Quando o artista está em palco é parte de uma conjugação de factores e pessoas certamente, mas a responsabilidade última de fazer passar todas a força e as emoções da sua actuação é, penso eu, na sua interpretação. Hoje a dificuldade de todos os artistas é mesmo ter sempre a frescura da sua alma sempre com a mesma dinâmica de chegar ao público. Recorrendo-se assim da sua própria experiência da sua vida real para sentir e passar sentimentos verdadeiros. Pensa-se hoje em dia, que basta por si só ter a experiência, para se ter a força interpretativa de conseguir fazer despoletar os sentimentos através de pôr a mexer dentro dos outros todo o tipo de emoções! Cantar um amor, uma paixão, ao descrever a sua experiência de vida verdadeira, não haveria outra maneira sem de ter de entregar o coração ao purgatório, pois o que dói em nós, dói mesmo! 

    Isto é só para dizer que eu acredito muito mais na valorização de uma aprendizagem para possuir uma maior capacidade performativa e interpretativa. Uma das formas eu acho que pode ser recorrer às raízes de todas as músicas e de todos os poetas que já foram glorificados e que fazem parte da história das artes de toda a cultura de um país, que é Portugal.Todos eles nos vão ajudar a sentir na sua memória e não no seu esquecimento. Tudo para que se não exista num vazio, mas se continue na direcção do que pode ser o futuro! Um futuro a decorrer de um passado.     

   Só um artista tão genuíno fará com que o meu olhar brilhe intensamente... ( do extra-musical )  

     Rosamar  Freedom