Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

30.08.20

Dedicação no tempo - Dedication in time

Validade instantânea - Instant validity


lybelinha

Palavras são só palavras,

sem a validade da acção

e sempre que as calas

dás voz, sem saber, ao coração;

que é silêncio devagar e alado!

-----------------------------------------------------------

Words are just words,

without the validity of the action

and whenever they become seedlings

you unknowingly give voice to the heart;

which is slow and winged silence!

===================================

Variantes e consequentes iluminam,

ou meramente destroem;

mas se debatem na construção

que declara a vontade humana.

Expressam sentimentos, alegrias e também doem...

---------------------------------------------------------------------------------------

Variants and consequents illuminate, 

or merely destroy;

but they struggle in construction

that declares the human will.

Express feelings, joys and also hurts... 

====================================

Sem os signos, meios de expressa criação,

não sei se me ajudas no amor, na construção?

Não sei dos ideais e dos sonhos;

não me revelas o modo do teu pensamento,

se não me comunicas a tua amizade em requerimento! 

---------------------------------------------------------------------------------------------

Without signs, means of express creation,

i don´t know if you help me in love, in building?

I don´t know about ideals and dreams;

don´t reveal to me the way of your thinking,

if you don´t tell me about your friendship in request!

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

   Rosamar  Freedom  

 

  

22.08.20

Vida: a cartilha do bem e do mal -Llife: The primer of good and evil

O espinho e a rosa - The thorn and the rose


lybelinha

     Poesia fácil ( não há ) - Easy poetry ( there is not )

Nunca escrevo uma linha

de versos com sílabas contadas,

por ser o ardil complexo da dor e da alegria

da alma, que me contém e inspira;

advém a medida de todas as rimas

por ser o acaso tão certo do indizível,

que ainda procura expressão nas

       letras desenhadas!

 

Não há acção mais trabalhosa,

do que fixar o flamejar e obscuridade de

que traz o mundo invisível escondido...

De todos os poemas que fiz sob permissão:

do secreto mistério poético da verdade,

da intangibilidade do labirinto ofuscado

da beleza da mente humana sempre em risco!

Por ser a maior procura humana:

      o espinho, não a rosa.

 

Translation:

I never write a line

of verses with syllables counted,

for being the complex ruse of pain and joy

of the soul that contains and inspires me;

comes the measure of all rhymes

because chance is so certain of the unspeakable,

that still seeks expression in the letters drawn!

..................................................................................

There is no more labirous action,

 

    Rosamar  Freedom

 

    

    

 

11.08.20

Rimas ( fio condutor ) - Rhymes ( conductive wire )


lybelinha

O poeta se perde no devaneio inefável

do pensamento, que deambula perdido;

seu guia nos extremos de sentir:

a incurável nostalgia do eu rico

e a felicidade do êxtase e delírio desejável!

 

The poet who gets lost in the ineffable reverie

of wandering lost thought;

your guide at the extremes of feeling:

the incurable nostalgia of the rich self

and the happiness of ecstasy and desirable delirium!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mas o talento exclamativo da diversa

expressão, que traduz a ambição,

que é lamuriante da originalidade

em que vacila o sonho na alma sem introdução

que se guia na exuberância da primariedade;

na origem da imagem jovem do pensamento que se revela e eleva...

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

But the exclamatory talent of the diverse

expression, which translates the ambition,

which is whining of originality

in which the dream falters in the soul without introduction

guided by the exuberance of primacy; 

at the origin of the young image of thought that reveals and elevates...

 

    Rosamar  Freedom

 

 

 

04.08.20

O passeio de Agosto - The August ride


lybelinha

Vou dizendo no verso,

do meu gosto;

sem me acabar no meu canto

que canta na saudade de Agosto,

que me alegra tudo no seu regresso!

 

Reclama Agosto sua euforia que prende;

de tudo gosto, da noite, do dia,

dos passeios cheios e enleios;

de luares luminosos nas noites quentes,

dos amores de verão de ternos devaneios...  

 

Das saudades, que ficam a sonhar:

o inverno inteiro frio à espera,

a esconder o desgosto que dilacera

no coração de Primavera no idílio;

que volte intacto ao verão do mês de Agosto

no mar que ondula desde o sol, que nasce divino

            até ao sonho que regressa;

pelo céu violeta-carmim do sol posto...  

    Rosamar  Freedom

Translation:

I`m saying in verse,

of my taste;

without ending up in my corner

who sings in nostalgia of August ,

that makes me happy on his return!

 

 

 

01.08.20

A Moda ( sem devolução ) - The fashion ( without return )


lybelinha

Tudo o que se faz tem fim,

para se ver no gosto alheio

se se gosta ou não, enfim?

É dependência inconstante sem receio

de uma qualquer, mas importante moda!

 

Não traz advertências ou instruções;

sabe-se que se faz hoje sem espera,

tem-se no gosto de umas ocasiões;

não aceita devoluções, só se esmera

para se fazer nos primeiros e seguintes princípios exteriores:

 

É moda sem valência ou significado,

valida uma vida tão fictícia que vicia

e nem há ninguém que tem reclamado!

Não tem explicação, aceita-se inicia-se

não faz pensar, não é criativa, nem para recriar...

Nada para abordar, mas é moda tem de se aceitar!

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Translation:

Everything you do ends,

to see yourself in the taste of the others

if you like it, or not anyway?

Is a fickle dependency without fear

any, but important fashion!

 

No warnings or instructions;

it is known that is done today without waiting,

has been in the taste of many occasions;

does not accept returns, only takes care

for doing in the first and following outer principles:

 

It`s fashion without valence,

validates a life so fictitious that it is addictive

and there is no one who has complained!

Has no explanation, accepted it starts

it doesn`t make you think , it is not creative, not to recreate...

Nothing to approach, but it is fashionable you have to accept it!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

     Rosamar  Freedom