Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Permissão (para contextualizar a inspiração na criação)

Permission (to contextualize the inspiration in creation)

Por mais longe que esteja e me julgue perdida;

as impressões confusas,

que me desviam

do meu querer e vontade viva.

E me trazem horas mortas e recusas!

 

However  far i am and feel lost;

confused impressions,

that divert me

of my will and living will.

And bring me dead hours and refusals!

 

São todo o meu começo,

que me faz recusar o medo preso

de tudo o que é mau e adverso.

E para o que amo é o meu reverso;

é sempre assim que regresso!

 

Are all my beginning,

that makes me refuse the fear trapped

by all is evil and advers.

And what i love is my reverse;

it is always like this that i return!

 

Em nome da liberdade,

só a mim é permitido

sempre certa vaidade,

que quer ignorar coisas vãs:

porque todas as manhãs o dia já tinha nascido!

 

In the name of freedom,

only to me is allowed

always a certain vanity,

that wants to ignore empty things:

because every morning day was already born!

 

   Rosamar  Freedom

 

 

 

    

 

  

 

 

 

O medo do "belo" ( no sentido lato da direcção) - The fear of the "beautiful"

  In the broad sense of direction

  Beautiful without being artificial

Essa tão imaginada perfeição;

que mantém ideal a aurora

para todos os poetas e poetisas,

ao alcance do seu coração:

em sonhos vagos de outrora!

**************************************

This so imagined perfection;

which keeps the aurora ideal 

for all poets and poetesses,

within reach of your heart:

in the vague dreams of yesteryear!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Agora neste mundo não sonhado

é pensamento tão remoto;

claridade sem manhã:

como o sonho de poeta já morto,

que nos espinhos da cruz foi levado...

 

Now in this undreamt-of world

it`s such remote thought;

clarity without morning:

like the dream of a dead poet,

who in the thorns of the cross was taken...

 

Mas eu te fui descobrindo,

pelos recantos das memórias

dos génios ignorados e incompreendidos,

e todas as janelas foram abrindo:

em suas glórias, esquecidos!

 

But i discovered you,

through recesses of the memories

of geniuses ignored and misunderstood,

and all the windows are opening:

in their forgotten glories!

 

Essa utopia que perdura nos mitos,

delineada pelo desejo nascido

não no que existe em redor;

nasce no intimo da humanidade superior:

Poetas, escritores, pintores, cantores, compositores,

         a almejarem com maior fervor!

 

This utopia that endures in the myths,

outlined by the desire born

not on what is around;

is born in intimate of superior humanity:

Poets, writers, painters, singers, composers,

     they yearn for it with greater fervor!

 

    Rosamar  Freedom

       

 

 

 

     

 

 

Pág. 2/2