Sábado, 27 de Maio de 2017

Amor (como flor do acaso) - Love (as chance flower)

A magia dos corações,

nas lágrimas a humedecer

naquele vício das ilusões;

o oiro brilha a se perder...

Mas, tudo é vão, indecisões!

E o sentir para se perder.

 

The magic of hearts,

in tears to moisten

in that vice of illusions;

the gold shines to get lost...

But, everything is vain, indecisions!

And the feeling to get lost.

****************************************

    O facho de luz - The beam of light

Tu, que não és poeta,

desvalorizas todas

as suas expressões incertas;

todo o seu voo que liberta...

Não entendes, nem te importas!

Nunca saberás de seu facho de luz,

       na noite mais deserta.  

 

You, you are not a poet,

       devalue all

their uncertain expressions;

all your flight that sets you free...

You do not understand, or care!

You will never know of your beam of light,

       in the most deserted night.

   Rosamar  Freedom   

publicado por lybelinha às 16:25

link do post | comentar | favorito

O teu método (perfeito) - Your perfect method

    " O poema do sentimento " - " The feeling poem "

Se me abstraio,

sem que deixes

chamei-o devaneio.

E de mim não saio;

mas, por vezes

o coração não tem receio!

 

If i abstract me,

without you let me

i called daydream.

I do not leave me;

but, sometimes

the heart is not afraid!

 

Perdi-me de ti,

só para saber

se todas as palavras

na tua recusa,

resistem para ainda te querer.

 

I am lost from you,

just to know

if all the words

in your refusal,

resist to still want you.

 

Mas tudo é vão,

tudo se esvai no temor...

Com a noite fatal no coração;

só fica o silêncio, o tremor

e a dor implora o perdão!

 

But everything is futile,

everything is gone in awe...

With the fatal night in the heart;

only the silence, the tremor

and the pain begs the forgiveness!

 

Oh, o teu método,

era em tudo tão perfeito!

Prevalecia tudo o que é certo.

Mas, essa chama que incendeia;

foi como fruto do acaso...

Consome-se em desejo mais que imperfeito!

 

Oh, your method,

was so perfect at all!

Everything that is right prevailed.

But, this flame that burns;

is as the fruit of chance...

Consumed in desire more than imperfect!

 

Num sussurro, pensei

em te pedir;

faz-me sentir...

Enternece-me para tudo o que sei,

e deseja-me sem eu fugir!

 

In a whisper, i thought

to cry for;

it makes me feel...

It softens me for everything i know,

wishes me without me running away!

 

Mas, no entorpecimento da paixão,

tudo faz versejar...

O louco bater do coração,

sempre a perpassar;

o bonito poema do sentimento,

que não hei-de esquecer sem chorar!

 

But, in the numbness of the passion,

all makes rime...

The mad beating of heart,

always pervade;

the beautiful poem of feeling,

that i will not forget without crying!

******************************************

   Rosamar  Freedom  

 

 

 

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 14:55

link do post | comentar | favorito
Sábado, 20 de Maio de 2017

Pensamento aceso ( na alteridade ) - Thought alight ( in the otherness )

   Alma ditosa: Seu amadurecimento

   Blissful soul: Its maturation

 

Não sei se a melhor poética,

têm de ser loucas exaltações?

Toda a palavra tão frenética;

mas, baixa intensidade nos corações,

não me satisfaz a felicidade!

--------------------------------------------------

I do not know if the best poetics,

have to be crazy exaltations?

All the word so frantic;

but, low intensity in hearts,

does not satisfy my felicity!

----------------------------------------

No vôo das emoções;

nada são meras deambulações;

não há nada equivoco, tudo desperta!

E o mistério dessa chama secreta,

vive, tem presença concreta...

*****************************************

On the flight of emotions;

nothing is mere wandering;

there is nothing equivocal, everything awakens!

And the mystery of this secret flame,

lives, has perpetual presence...

 

Não há poéticas iguais,

há apenas muitos encontros.

Porque ser poeta tem sinais;

que levitam da alma, remotos...

E a bênção são essas pistas primordiais!

 

There are no equal poetics,

there are only many encounters.

Because being a poet has signs;

which levitate from the soul, remote...

And the blessing are these primordial clues!

 

Como poeta em puro amadurecimento

vagueio entre o cedo e a salvação;

para não me perder dos

meus "sonhos dourados" de antemão,

que sei agora, não serem tão vagos!

 

As a poet in pure ripening

wandering between the early and the salvation;

not to lose me of

my "golden dreams" of beforehand, 

which i know now not to be so vague!

 

Só na travessia do silêncio,

encontro a paz, que me felicita

inefável desejo que se precipita;

na direcção sempre tão ávida,

que me adormecia pela lua tão cálida...

 

Only the crossing of silence, 

i find peace that congratulates me

ineffable desire that rushes;

in the ever so eager direction,

that i fell asleep for the moon so warm...

 

As linhas são mais adversas,

porque ainda tinham saudosas

todas as Primaveras, em que desfruto,

de tantas, tantas promessas;

e não estou mais de luto

em tantas horas incertas...

 

Lines are more adverse,

because they still had nostalgic

every Springs, in which i enjoy,

of many, many promises;

 

   Rosamar  Freedom   

 

 

 

 

   

 

    

 

 

   

   

publicado por lybelinha às 12:09

link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Maio de 2017

Últimos desejos ( desespero infinito ) Last desires ( infinite despair )

É hoje, neste dia, como tantos;

que faz o sol nascer, crescer

e pintar o horizonte, para finalmente se desvanecer...

Que pensei em meus prantos;

para saber meus últimos desejos!

 

It is today, on this day, like so many;

that makes the sun rise, grow

and paint the horizon, to finaly fade away...

I thought of my my tears;

to know my last wishes!

 

Quero o meu pensamento,

inspirado a crescer e a descobrir;

não tão leviano e perdido no vento!

Que prepare o dia, que guarde as horas sem fugir...

Sentir a claridade sem mentira, no desejo de verdade.

 

I want my thinking,

inspired to grow and discover;

not so frivolous and lost in the wind!

Prepare the day, save the hours without running away...

Feel the clarity without lying, the desire for truth.

   Rosamar  Freedom     

 

   

   

publicado por lybelinha às 17:57

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Maio de 2017

Ser poeta( a crescer ) - Be a poet ( to grow )

Porém é a mistura fiel,

de todos os sentidos;

que guardam na memória o fel e o mel...

Do que é a iniciação imprecisa,

para a explicação de ser aprendiza

do meu sentimento de poetiza!

*******************************************

But it is the faithful mix,

of all senses;

that keep in mind the gall and the honey...

What is imprecise initiation,

for the explanation of being apprendice

of my sense of being poetess!

 

Sentir com o cheiro;

ver com o ouvido;

saborear com o desejo do sentido;

tocar com o olhar primeiro...

A percepção envolvida num sonho,

em secreto pacto com o coração!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Feel with the smell;

see with the hear;

savor with the desire of sense;

touch with the look, first...

The perception involved in a dream,

in a secret pact with the heart!

 

Todos os caminhos de inspiração

dos sentidos que se guardam,

no sentimento poético da imaginação;

elevam o meu desejo de liberdade

       para descobrir o mundo:

para edificar na realidade.

***************************************

All the paths of inspiration

of senses that are saved,

in poetic feeling of the imagination;

raise my desire of freedom

     to discover the world:

to edify reality.

   

Rosamar  Freedom

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

publicado por lybelinha às 10:51

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Maio de 2017

Fuga de ideais ( nascente dos sonhos ) - Flight of ideals ( Spring of dreams )

       "Vagos" sonhos dos poetas? - "Vague" dreams of poets?

 

Nessa incompreensão que me desentende

de tudo o que mais venero;

como se a fatalidade que se pressente

fosse todo o meu desespero,

num passado de glória em que espero!

 

In this incomprehension that misunderstand me

of all what i care about;

as if the inevitable fatality that prevailed

was all my despair,

in glory past in which i hope!

 

Se não fosse poeta não sentia veneração,

nem nunca almejaria o "futuro";

nem a minha escrita seria preparação

para o meu pensamento mais puro:

o desejo de renovação, de um novo dia!

 

If i were not a poet i would not feel veneration,

nor would i long for the "future";

nor my writing would be preparation

for my purest thought:

the desire of renewal, a new day!

 

   "Rosa - dos - ventos dos sonhos"

É sempre o mesmo sonho, o primeiro

de muitos sonhos, que são alentos leais.

A descrição analítica do "portfólio" poético,

a mudança que jamais carece de ideais;

o futuro melhor que orienta

   a estrela dos pontos cardeais!

      "wind rose of dreams"

It`s always the same dream, the first

of many dreams, that are loyal breath.

The analytical description of the poetic portfolio,

the change that never lacks ideals;

the better future that guides

    the star of the cardinal points!

 

O sonho do poeta, é sempre um sonho de liberdade:

incompreendido, vai sonhando sozinho...

Não é uma imposição, é o seu destino;

desbravar a nascente dos sonhos,

como "escravo sublime" da humanidade!

 

The dream of the poet, is always a dream of freedom:

misunderstood will dreaming alone...

It`s not an imposition, it`s his destination;

find out the source of dreams,

as "sublime slave" of humanity! 

 

    Rosamar  Freedom

 

 

 

  

 

 

 

 

     

 

    

 

 

 

publicado por lybelinha às 11:42

link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Maio de 2017

O coração (é a minha vida) - The heart ( it is my life )

Sempre pedi desejos

ao meu coração,

em dias de solidão!

Em que tudo são sobejos

de tristezas e desilusão.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

I always asked wishes

to my heart,

in days of solitude!

Where everything are leftover

of sadness and disappointment.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

No meu coração cheio de ritmo,

encontro a solução e o alento;

porque só a vida é o seu motivo.

E são todos os segundos, minutos que desejo,

para refazer os sonhos em esquecimento...

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

In my heart full of rhythm,

encounter the solution and the breath;

because only life it is its motive.

And are all the seconds, minutes that desire,

to remake  the dreams in oblivion...

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O meu despertador que me acorda,

o coração que dá corda à vida;

só por não ser indiferênça, se importa!

Que está sempre atento, na hora devida,

que humaniza os meus pensamentos, me incita.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

My alarm clock that wakes me,

the heart that gives rope to life;

just because it`s not indifferent, it matters!

Who is always attentive, at the right time,

that humanizes my thoughts, incites me.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O meu coração tem toda a minha vida,

em seu poder, em suas mãos.

Nada existe no meu respirar,

que seja segredo em sua emoção!

É uma maravilhosa comunicação,

que me sente viva, que me quer libertar...

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

My heart has all my life,

in your power, in your hands.

Nothing exists in my breathing,

that is a secret in your emotion!

It is a wonderful communication,

that feel me alive, that wants to free me...

 

   Rosamar  Freedom

 

 

     

 

 

    

publicado por lybelinha às 11:25

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Maio de 2017

Ballad for first love

The day is marvelous and sunny,

can`t measure the time insane...

The sweet emotion when i felt the taste of honey!

It`s like a dream in time sustained.

 

I`m so young and full of life;

The surprise of the sweet passion,

stay in my reveries with a special light!

Give me things i can´t explain, as destination.

 

All this harmony is not in vain;

The silence of your eyes in flame, i`m in an obsession...

Intensely desired reframe first love again;

To live all again as Jesus at crucifixion!

 

Please, please, i can`t remember of being so in love;

Since the day i saw you standing in a hot Summer day

I`m in deep fascination, so, so strong and i fray...

I dream all the time with your kiss so sincere, a white dove!

 

I`m dreaming away about my first love in my mind

the castration of my soul devotion,

can`t lost the hope, my inspiration:

everytime i dream with my first love lost in time!

     Rosamar  Freedom  

publicado por lybelinha às 01:10

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Maio de 2017

O meu perdão (não se arrepende) da sua generosidade

My forgiveness (never regrets) of your generosity

 

Dentro de mim,

sempre  trago

esta certeza, enfim

para perder o amargo.

Quem não sabe perdoar,

    não sabe jamais amar!

 

Inside of me,

i always carry

this certainty, at long last 

to lose the bitter.

Who does not know how to forgive,

   does not know how to love!

 

Se um dia eu perdoo,

alguém que me julgou mal

e fez uma dor no coração, que chorou...

Nunca me arrependo nesse dia poderoso,

     num aro quase religioso...

Esqueço para meu coração recomeçar,

    para tudo o que perdia!

 

If one day i forgive,

someone who judged me wrong

and made a pain in my heart, that cried...

I never regret this mighty day,

      in a quasi religious ring...

I forget for my heart to start over,

     for everything i lost!

 

Pois quero voar,

sem que aquela mágoa

que me quer devorar.

Comigo trago-a,

aquele desgosto a desfiar

todas as lágrimas de tristeza!

 

Because i want to fly,

without that hurt

that wants devoure me.

I bring it with me,

that disgust to shred

all tears of sadness!

 

Mas, no emaranhado de palavras,

           que me desperta

busco o sonho, a esperança no coração

sem arrependimento, ou fuga, ou espera!

De novo o desejo, a inspiração.

No perdão que dou, a tristeza se esgueira...

A serenidade do sentimento me liberta! 

 

But in the tangle of words,

        that awakens me

i seek the dream, the hope in the hearts

without repentance, or escape, or wait!

Again the desire, the inspiration.

the pardon i give, the sadness fades...

The serenity of the feeling sets me free!

     Rosamar  Freedom

    

 

 

 

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 16:15

link do post | comentar | favorito

A forma das lágrimas (transforma-se) - The form of tears ( To become )

Se perderam a deflagrar, as lágrimas...

Nos momentos que esqueço lastimas,

na perenidade infinita devagar

naquele desassossego a que regresso.

Em que vou despertando para amar;

toda a secreta aspiração,

do meu eu simétrico:

que nasce no paraíso da imaginação...

 

They got lost to start, the tears...

In the moments that i forget pities,

in the infinite perennial slow

in that restlessness to which i return.

In what i wake up to love;

all the secret aspiration,

of my symmetrical self:

that is born in paradise of imagination... 

 

O ser que eu vou desejando

a guiar-me na noite mais escura;

e vai em agitação relacionando,

o misterioso secreto da sublimação.

Porque é livre, não desiste, no coração!

A desejada felicidade:

pensamento a firmar alteridade;

e a lágrima que cai, silenciosamente.

 

The being that i`m longing for

i`ll be the wishing to guide me into the darkest night;

and go on in agitation relating,

the mysterious secret of sublimation.

Because it`s free, do not give up, in the heart!

The desired happiness:

thought to affirm otherness;

and the tear falls, silently.  

 

A sua forma de gota morna,

como se fosse lembrança

para não mais fugir e torna

ao outro eu querido no elo da aliança!

E tem nova forma, que requebra...

Transforma-se em nova emoção

             e liberta,

a dor aprisionada no coração!  

 

Its warm droplet form,

as it was reverie

to no longer run away and come back

to the other i desired in the link of the alliance!

And has new shape that quaver...

It becomes a new emotion

            and releases,

the pain imprisoned in my heart!

 "Porque só o pensamento faz acontecer a desejada alteridade."

 "A poesia é diluida em mil formas, mas só se mostra pelo pensamento."

 "The poetry is diluted in a thousand ways but only shown by thought."  

 "Because only thought make happen the desired otherness."

       

       Rosamar  Freedom 

             

 

publicado por lybelinha às 13:55

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A música da alma ( Que fa...

. Criação generosa : Do abs...

. Contemporâneo ( Revelação...

. Paisagem quase rural - Al...

. Escrever o mundo (à "dist...

. Tudo o que me comove - Ev...

. A aprendizagem natural - ...

. Segredos da poesia - Sile...

. Segredos da poesia - Sile...

. Regras poéticas ( O prelú...

.arquivos

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Janela da imaginação - es...

. A criatividade do sonh...

blogs SAPO

.subscrever feeds