Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

11.02.17

Poetisa deste tempo (0 requebro da memória) - Poetess of this time (the quaver of memory)


lybelinha

Parnaso de poetas,

almas tão despertas,

na recordação de memórias

de muitas glórias!

 

Recados do passado,

nunca mais recuperado.

Nostalgia que requebra.

O tempo que não espera...

 

Parnassus of poets,

souls so awake,

in remembrance of memories

of many glories!

 

Scraps of past,

never recovered.

Shivering nostalgia.

The time does not wait...

 

   Rosamar  Freedom 

 

 

11.02.17

Tudo o que quero (o sonho de poeta) - All that i want (the poet`s dream)


lybelinha

Se desenhasse tudo o que do prazer

se oferece ao espírito:

e em plenitude o possa receber,

na ilusão de não haver mais conflito!

 

If you draw everything that gives pleasure

to the spirit:

and in fulness may receive,

in the illusion of no more conflict!

 

Sempre que sinto que a serenidade

me verga a inspiração em viragem;

na necessidade do caos da liberdade!

Preparo de novo a alma em turbilhão:

para a dura existência ser de novo,

                 a coragem!

 

Whenever i feel that the serenity 

sag all the inspiration in turning;

in need of the chaos of freedom!

I prepare again my soul in whirlwind:

for the hard existence be courage,

               again!

 

Porque preciso de tudo;

para construir em cada palavra,

uma possibilidade de futuro.

Esse é um dos poderes que não pára,

     que só o poeta liberta...

 

Because i need everything;

to build on every word,

a possibility of future.

This one of the powers that does not stop,

         that only the poet frees...

 

Porque toda a sua impaciência é tentação.

Reside por sua constante insatisfação,

que o faz inventar um novo dia!

É o que busca em tantos alicerces,

em que nada se perdia, para essa sua revolução!

 

Because all your impantience is temptation.

resides by his constant dissatisfaction,

that makes you invent a new day!

Is what it seeks in so many foundations,

in which nothing was lost for this revolution!

»«««««««««««««««««««««««««««»»»»»»»»

   Rosamar  Freedom

 

 

 

Pág. 2/2