Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Escrever ( para ninguém me entender ) Writing ( to anyone understand me )

A minha razão tão escondida:

dar a perceber, sem pressa,

como a alma sem lugar;

nem hábito, por nada está presa.

Aventureira sempre a crescer!

 

Assim fui guardando momentos,

por realces, bem divididos

porque a alma é veloz,

como a noite ao relento,

como um dia com brilho,

uma tarde de estio quente

e uma manhã tão diferente!

---------------------------------------------

My rason well hiden:

.give notice without haste,

has the soul without place;

no habit, for nothing is stuck.

Adventurer always growing!

 

That way i kept moments,

for well divided hightlights

because the soul is fast,

like the night in open,

like a bright day,

a hot summer afternoon

and one so different morning!

   Rosamar  Freedom

 

 

  

  

Poesia para usar ( e não deitar ao vento ) - Poetry to use - ( and not throw the wind )

Não encontrei ainda,

por mais que tente

uma definição que permita

projectar em ordem devida:

o âmago da poesia,

para que se apresente.

 

São ritmos, sons, vertentes,

que se vão recriando

em diversas nascentes...

Não por gostar de definições,

que são limites revelados;

mas para melhor ampliar suas ambições!

 

I did not find it yet,

however much try

a definition that allows

project in order due:

poetry core,

so it presents.

 

Are rhythms, sounds, strands,

that will recreate

in diverse springs...

Not to like definitions,

which are limits revealed;

but to better broaden their ambitions!

***********************************************

Fazê-la substância, dar-lhe finalidade,

saber que ela existe, alma com pensamento;

por ser pureza, imaginação, liberdade e bonança.

É justa, tem coragem, nunca desiste!

É tristeza disfarçada, alegria, esperança,

expressão tão ténue e delicada, feliz ou dolente... 

 

Make it matter, give it purpose,

know that it exists, soul with thought; 

for being purity, imagination, liberty and peace.

Is fair, has courage, never give up!

Is disguised sadness, joy, hope,

expression so tenuous and delicate, happy or sorrowful...

*********************************************************************

   Rosamar  Freedom

 

        

 

  

Leitor desconhecido ou imaginado ( Motivos para o escrever ) - Post de Setembro de 2010

         A arte em Platão e Aristóteles - Art in Plato and Aristotle

Nas obras de Platão e Aristóteles, encontramos numerosas reflexóes a respeito da pintura, da música, da arquitectura, poesia e teatro.

   Da arte e sua utilidade - Rilce Maria Rocha Aguiar Ferreira

(...) a arte sempre foi marginalizada, sendo questionado seu saber e sua utilidade. O que é arte? Existe utilidade na arte? A arte é para servir para actividades práticas ou é para a contemplação, para o belo?(...)

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Translation: In the works of Plato and Aristotle, we find numerous reflections concerning painting, music, of architectura, poetry and theater.

   Of art and its usefullness - Rilce Maria Rocha Aguiar Ferreira

(...) the art has always been marginalized, and questioned his knowledge and his utility. What is art? Exists utility in art? The art it is to serve for pratical activities or it is to contemplate the beautiful?(,,,)   

___________________________________________________________________________________ 

(...)  O artista é para Platão (...) um fabricante de imagens fantasmas que desviam os olhos do cidadão das verdadeiras ideias, que só podem ser apreensíveis pelo pensamento.

    Diferentemente de Platão, Aristóteles na sua obra poética, apresenta a arte tanto do ponto de vista moral, quanto epistemológico, procurando mostrar que a arte é verdadeira, natural e contribui para a aprendizagem. Segundo ele, a mimesis pode vir a tornar-se realidade, que ela não é apenas imitação de coisas existentes. A arte é um acto de inteligência humana, produzindo um novo ser, uma nova obra(...).

  Retirado da revista Pandora Brasil - Da arte e sua utilidade, p. 60 - 67

_____________________________________________________________________________________

Translation:

(...) The artist is for Plato (...) a ghost image manufacter that divert the eyes of the citizen from the true ideas, which can only be uderstand by thought.

     Unlike Plato, Aristotle in his poetic work, presents the art both from a moral point of view, epistemological, trying to show that art is true, natural and contributes to learning.According him, mimesis may ultimately become reality, it is not imitation of existing things.The art is an act of human intelligence, producing a new being, a new work(...).

   Removed from the Magazine Pandora Brasil - Of art and its usefulness    

 

  A eterna procura da paz e o equilibrio espiritual, de certo modo, nos dias de hoje, é retirado da vida de cada pessoa, pois, antes só nos era proporcionado pelo exagero da grandeza máxima etérea religiosa. Hoje em que o desenvolvimento espiritual é praticamente inexistente na vida da maioria, não obstante haver quem incessantemente o procure em outras expressões. Como na música, nas artes, na escrita, etc.

Tentei fazer uma comparação hiperbólica entre os dois extremos( a perfeição exemplar divina e a tentativa de equilíbrio emocional ), um na perfeição inalcançável e o outro também difícil, mas mais real, por isso, mais possível.

Translation: The eternal seek for peace and spiritual balance, a certain sense, nowadays, it is taken from each person`s life, so, before only is there offered by the exaggeration of maximum religious ethereal grandeur.Today on what the spiritual development is virtually nonexistent in majority of life, despite there who ceaselessly to look for into other expressions. As in music, in arts. in writing, etc. I tried to make a hyperbolic comparison between the two extremes ( the divine exemplar perfection and the attempt to balance emotional ), one in unachievable perfection and the other also dificult, but  also more real, for it, longer possible.

_____________________________________________________________________________________ 

  Rosamar  Freedom      

        

 

 

 

A minha solidão

A minha solidão não é igual;

tem dissabores, enganos e muitas

esperanças, ou um dia banal!

Tem razões e motivos de muitas

inspirações e andanças.

Tem letras de muitos modos,

esconde muitos propósitos!

 

A minha solidão tem disfarces,

para que a tristeza

ganhe leveza,

e seja mera farsa

de uma alma insatisfeita;

com a dura aspereza,

que é estar só, com falsidades!

--------------------------------------------

  Rosamar  Freedom 

Pág. 2/2