Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Percurso ( o primeiro dia ) - The path ( the first day )

O ser em todo o seu ritmo:

de desejada liberdade,

reconhece e obedece ao rumo,

do seu âmago mais profundo,

sem se perder outra vez, em conflito!

 

Foi assim que abri o meu caminho:

para tudo o que me faz em experiência,

compôr a razão, que era só desalinho

para a minha existência,

misturada com a arte da vida, no coração!

Que é a ventura das palavras:

para tudo o que movem, em expressão.

 

«««««««««««««««««««»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

  Rosamar  Freedom

 

 

  

In my dreams: I will never love again

With my heart in my hand,

my head in vain...

I will never love again!

 

I dream with a love;

all my life,

as an eternal song!

 

I dream with a love,

true and beautiful

to make me feel strong!

 

But always the deception.

Make me weep in solitude,

in a long nostalgic mood!

 

Over and over again;

all are illusions to remain.

that`s why i will never love again!

 

Need something real:

a word, a kiss, a smile...

Something to feel!

 

Loneliness is only one linger.

Dream and cherish the day

the love want to stay!

 

But that day, never comes!

Me and my tears, wait...

Until the day it`s to late.

 

But the horizon is shine,

of a new day to inviting me inside:

to all the grace and bless to be alive!

 

Simulation can`t help me always;

to find the love of my dreams.

Cause maybe is an interrogative, as it seems! 

===================================

  Rosamar  Freedom

  

 

 

Leviano sentir ( será o amor tão imperfeito )? - Flighty feel ( will be so imperfect the love )?

Mas continuo por ele,

para me encontrar ou então...

Me perder, e me aliano,

sem ainda saber:

se é amor perfeito e mel,

ou tão leviano, para ser cativo

e doer no coração!

 

Mas foi sempre uma crença,

que o amor é árduo labor:

para todos os dias, para que cresça.

Como cuidar muito bem de uma flor;

para que seja viçosa e não morra!

*******************************************

But i keep for him,

to find me or otherwise...

Miss me, and alienate me,

without yet know:

if it is perfect love and honey,

or so flighty, to be captive

and hurt in the heart!

 

But was always a belief,

that love is hard labour:

for everyday, to grow.

As to take good care of a flower;

to be as lush and not die!

==============================

  Rosamar  Freedom

 

  

 

  

  

Leviano sentir ( será o amor tão imperfeito )? - Flighty feel ( will be so imperfect the love ) ?

Emaranhada pelos nós do amor,

sem nunca saber:

se seria o paraíso,

em seu maravilhoso valor;

ou o inferno para arder

e perder réstia de juízo!

 

Tangled by the nodes of love,

without never know:

if it would be the paradise,

in its marvelous value;

or hell to burn

and losing ray of sense!

============================

Se será o amor, uma raridade,

um lugar assim tão seguro?

Ou calor para todas

as projecções de felicidade,

para desejado futuro!

 

If will be the love, a rarity,

a place so safe?  

Or heat for all

the projections of happiness,

for desired future!

**************************************

Mas nada é tão modelar:

para sentir e sonhar,

como a liberdade

de seu ânimo e fulgor,

para me perder em sua intensidade...

 

But nothing is as model:

to feel and dream,

as the freedom

of  his courage and glow,

to lose myself in his intensity...

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Rosamar  Freedom

 

 

 

 

Leitor desconhecido ou imaginado ( Motivos para o escrever ) - post de Setembro de 2010 -

Unknown and imagined reader ( Motifs for the write )

   Num desencontro constante, por incompreensão de mim mesma fui tentando dar razões para conduzir a introspecção do meu ser, através de uma conduta tão errante. Mas hoje entendo que só na total errância se pode dar contornos à alma de um poeta.

   Enquanto dei real voz à minha sensibilidade poética, descobri a minha maior tendência, a procura sistemática da perfeição, do equilibrio, do bom senso.

   In a continuing mismatch, by misunderstanding of myself i was trying to give reasons to drive the introspection of my being, through a conduit so errant. But today i understand that only in total wandering you can give contours to the soul of a poet.

   While i gave real voice to my poetic sensibility, i found my greatest trend, the systematic search of perfection, of balance and good sense.

 

   Mas, porque, por mais que se recuse esse pensamento, esse é um ideal, que vai sempre, em teoria, pertencer a "Deus". A perfeição espiritual. Porque é o máximo etéreo, divino e perfeito, a mais difícil e cara exigência que "Deus" mantém na sua "lógica divina".

   But, because, however much refuses this thought, that is an ideal, it will always, in theory, belongs to "God". The spiritual perfection.

Because is the maximum ethereal, divine and perfect, the more difficult and expensive requirement maintains in his "divine logic".

   No meu poema apelo para que essa morada de Deus não pertença apenas no superficial inalcançável, como algo decorado, mas não sentido. E de algum modo trazê-lo para um real sentido, mesmo dentro do coração de cada um.

   In my poem i plea for that God adress not only belong  in unreachable superficial, as something learn by heart, but not felt. And somehow bring it to a real sense, even within the heart of each one.    Rosamar  Freedom

 

     

     

 

            

  

  

 

Percurso ( o primeiro dia ) - Route ( the first day )

As origens, não serão limites...

Serão despertares livres;

para todos os começos,

de representações puras

de possíveis caminhos incertos!

 

Demarco aquele momento, instante, parcela do dia,

ou o que continha:

para ser tão, tão importante,

uma realização quase divina;

que descia, não se perdia.

Está perto, já não existe,

por ser distante!

===================================

The origins, don`t be limits...

Will be free awakenings;

for all begininngs,

of pure representations

of possible paths uncertain!

 

Demarcate that moment, instant, portion of the day,

or that contained:

to be so, so, important,

an achievement almost divine;

that coming down, is not lost.

It`s close, no longer exists

because it is distant!

******************************************************

  Rosamar  Freedom

 

  

 

 

 

Ser poetisa - Be poetess -

Sou poetisa, a criar um mundo:

amante das coisas vãs?

Sem linha recta, em eterno eleio...

Devota de tudo,

o que é passageiro!

 

Mas essa é apenas, porque devia

para ser só,

a parede transparente da verdade;

do principio da poesia:

a pura imaginação da liberdade.

«««««««««««««»»»»»»»»»»»»»»»

I am poetess, to create a world:

lover of vain things?

Without straight line, in eternal rapture...

Devout from it all,

what is fleeting!

 

But that is only, because it ought to supposed

to be only,

the transparent wall of truth;

of the principle of poetry:

the pure imagination in freedom.

«««««««««««««««»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Todo o meu rigor a surgir,

é tão importante:

como o sonho, em eloquência,

que não pode ruir, nas manhãs.

Que emerge na essência:

que vai nascendo,

em todas as coisas vãs!

 

All my rigour to emerge,

is so important:

as the dream, in eloquence,

that can not crumble, in the mornings.

which emerges in essence:

that is being born,

in all vain things!

===============================

  Rosamar  Freedom 

 

  

 

Pág. 2/2