Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

A urgência da procura da verdade

The urgency of the search for truth

 

Mundo, não sei o que procuras;

mundo, sei que em tudo te procurei,

com esta minha maneira

que se completa

com todas as palavras que da alma eu "dei"!

Em voltas e voltas do pensamento e de algumas luas,

em todas as inspirações que queimam como braseira.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

World, i don`t know what you looking for;

world, i know that in everything i look for you,

with this my way

that is complete

with all the words that from the soul i "give"!

In rounds and rounds of thoughts and of any moons,

in all the inspirations that burn as brazier.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mas em todos os falsetes. ( musical )

Só me ofereces mentiras em que ofuscas,

em que usas para bem esconder a verdade!

Mas sem desistir, sempre me prendes.

De ti, mundo, continuo a não ter nada, e em saudade,

te procuro esperando em tristes lamúrias!

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

But in all the falsettos. ( musical ) 

Merely you offer me lies in what obfuscate,

in what you use for well hide the truth!

But without give up, always rescue me.

From you, world, i continue not have nothing, and in longing,

i look for you waiting in sad whinings!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~   

Com esta gentileza da alma,

aguardo um minuto justo,

em que em tudo recuso

entregar a réstia de liberdade que me salva!

........................................................................

With this niceness of the soul, 

i wait a fair minute,

wherein in all refuse

hand over the glimmer of freedom that save me!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~ Rosamar~~Freedom~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

   

 

 

O tempo ( que se esconde e aparece )

The time ( That lurks and appears )

 

O medo enleia

os meus pensamentos,

numa ambiguidade

que é intemporal, por momentos...

Em que a tinta da caneta é liberdade!

..................................................................

The fear ensnares

my thoughts,

in an ambiguity

that is timeless, by moments...

wherein the ink of pen is freedom!

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

Quero por instantes especiais,

chamar este tempo que vivo;

em que o meu coração

se sente, sente tão perdido!

Então o tempo pára,

em direcção aos seus momentos finais!

---------------------------------------------------------

I want for special instants,

call this time that i live;

in that my heart

it feels, feels so lost!

Then the time stops,

in direction to their final moments!

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

Então torno de novo,

a perder-me do espaço e do tempo...

Em que sonho com a folha inteira;

de um momento de liberdade!

Em que dou glória ao tempo que é incerto e se esgueira...

E por longos e felizes segundos, o sonho é realidade!

...........................................................................................

Then i render again,

losing me of the space and of the time...

in whitch i dream with whole sheet;

of a moment of freedom!

In what i give glory to the time that is uncertain and sneaks around...

And by long and happy seconds, the dream is reality!

--------------------------------------------------------------------------------------------- 

  Rosamar  Freedom