Sábado, 29 de Novembro de 2014

Wonder again ( Slave of that feeling )

 

I wish become true,

to trim,

to trim

that suitbale feeling,

i feel for you!

All that time,

lines and lines

of pleasant inspiration!

Can`t let splitting

from my mind,

oh suitbale feeling

to trim,

to trim!

Hold to tight;

with my sentimental,

with my sentimental

lost heart!

To freed the special signal

and make it grow

from low to highest

sublime and lonely heart!

Make live it in happiness,

to trim, to trim

that special feeling

for linger to another start

and wonder again, and wonder again!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~~ Rosamar~~ Freedom~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

publicado por lybelinha às 16:41

link do post | comentar | favorito

Fly away ( my dream )

 

Pending my sleep... ( strange abstraction )

In my sweet dream,

between love and hate

i don`t feel the same.

__________________________________

I joint all my daydreams,

i joint all my illusions;

the imagination open new means

and come with new emotions!

_____________________________________

Make fly away my dream!

Innocence angel felt within

inside me all the time,

captive in the deep

lost in the deep

that light stay with me

in my dream!

_____________________________________

And fly away so far,

as the brighter star

in the most deep blue sky!

And fly, fly, fly...

_____________________________________

Right/ uncertain place

to be free to see the mean

of all the beauty for embrace,

the seewtest dream

to lost forever in that maze!

----------------------------------------------------

  Rosamar  Freedom

----------------------------------------------------

 

publicado por lybelinha às 15:28

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Novembro de 2014

Porque penso assim ( por acontecer )

 

 

 

Because i think like that ( up happening )

Não te posso dizer,

mas, quem dera

mas, quem dera!

Poder agarrar este meu sentimento,

assim tão abstracto...

Para se perder?

Mas não, o sinto deveras,

no meu entendimento!

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

I can`t tell you,

but, i wish

but, i wish!

Could hold onto this my feeling,

as so abstract...

For to lose?

But no, i truly feel it,

in my understanding!

......................................................................

Oh, mas não retiro fantasia,

antes de ser real num momento.

Antes de guiar estas palavras,

tão construído, e reluzia!

É que tinha tanta poesia...

E me encantas e me desbravas,

nesta vontade tão leal

e permanecia deveras no pensamento!

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Oh, but not retreat fantasy,

before to be real in a moment.

Before to guide these words,

so constructed, and glinted!

Is that had so much poetry...

And you delight me and grub me,

in this will so loyal

and linger indeed in the thought!

.................................................................................

Terna sedução, emoção...

Crava certa determinação,

neste meu coração!

Misteriosamente e intensamente...

Será o amor, tão docemente!

Conquista seu lugar para sempre.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Tender seduction, emotion...

Stare at certain determination,

in this my heart!

Mysteriously and intensely...

Will be love, so sweetly!

Conquest his place forever.

.......................................................................................

  Rosamar  Freedom

 

  

publicado por lybelinha às 01:46

link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Novembro de 2014

Só por ti ( Dedicatórias ) - Focos de inspiração

 

Only for you ( Dedications ) - Focus of inspirations

        Epifanias - After-light

Falta de inspiração desassossega a ilusão,

que se desvanece sem destino...

Procura o seu sonho perdido,

que se despe da mentira em seu coração!

.......................................:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::.

Lack of inspiration unquiet the illusion,

that fade away without a destiny...

Look for his lost dream,

which gets undressed of the lie in his heart!

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

Simplicidade que apuro,

num jogo de todos os acasos,

que permite desejar e querer;

num sentido verdadeiro em imaginação

de um desejado futuro!

Por se esconder entre os meus traços,

admiração que é apanágio de toda a inspiração!

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Simplicity which i care,

in a game of all chances,

that allow wish and want;

In a true sense in imagination

of a wished future!

By into hiding between my traces,

admiration that is appanage of all inspiration!

:::::::::::::::::::::::Rosamar::Freedom:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::..

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^~~ 

  

 

publicado por lybelinha às 14:40

link do post | comentar | favorito

Devoção e encantamento ( a ventura do amor )

Devotion and enchantment ( The venture of love )

 

Então o meu coração bate certo,

e vive em plenitude este sentimento...

~................~................~..................~.....................

Then my heart beats true,

and live in plenitude this feeling...

..................-------..............-------------.......................

Esta possibilidade do amor

é tão real e esqueço a dor!

~......................................~..................~......................

This possibility of love 

is so real and i forget the pain!

.............................--------------....................-----------------

Existe numa devoção que é pensamento;

mas torna-se tão real, agora no meu coração.

........................~.................~...............~.........................

Is there in a devotion which is thought;

but becomes so real inside my heart now.

.......................----------------................------------................. 

  Rosamar  Freedom

 

publicado por lybelinha às 13:16

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Só por ti ( Dedicatórias ) - Focos de inspiração

Only for you ( Dedications ) - Focus of inspiration

 

Poeta inspirado, sempre por alguém...

Solitária inspiração, em sua criação,

implicito em sua imaginação;

sempre o mito da musa

em seu pensamento eleito,

de dedicatórias de escrava admiração.

E sua vida e o seu amor, por ela tão perfeito!

Em que tudo se transforma

em vasta esperança difusa...

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Inspired poet, always for someone...

Solitary inspiration, in his creation,

implicit in his imagination;

always the myth of the muse

in his elect thought,

of dedications of slave admiration.

And his life and his love, for her so perfect!

In what everything becomes

in vast diffuse hope... 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Longe ou perto,

não perco tal elevação da alma,

que me seduz em tudo o que invento.

Com toda a fogosidade espiritual!

Longe ou perto,

logo desperto;

para tantas folhas de mil intentos.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Far or near,

i don´t lose such elevation of the soul,

that seduce me in everything i invent.

with all spiritual impetuosity!

Far or near,

soon awake;

for many sheets of a thousand intents.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

  Rosamar  Freedom

..................................................................

   

 

publicado por lybelinha às 02:48

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Só por ti ( Dedicatórias ) - focos de inspiração

 

Only for you  ( Dedications ) - focus of inspiration

 

Por ti, eu me inspiro.

Mas quem és tu?

Quem me guia as palavras,

sempre eu preciso

de sublime luz;

das tuas maravilhas...

Oh, como me inspiras!

Em todos os instantes de denso delirio. 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

For you, i get inspiration.

But, who are you?

Whom guide my words,

always i need

of sublime light;

Of your wonders...

Oh, you inspire me so much!

In every instants of dense delirium.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mas, quem em imagem tão ténue

e tão, tão indelével,

marca todas as linhas, se movem

que são incertezas que estruturo,

que por ti são assim tão divinas...

Mas livres relacionam e constroem

um mundo num silêncio profundo!

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

But, whom in so tenuous image

and so, so indelible,

mark all the lines, are moving

that are uncertainties which i organize,

that for you are like that so divine...

But free relate and construct

a world in a deep silence!

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

  Rosamar  Freedom

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

 

  

 

publicado por lybelinha às 16:56

link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Novembro de 2014

Devoção e encantamento ( a ventura do amor )

 

Devotion and enchantment ( The venture of love )

 

Sem segurar esse cálido instante desperto...

E não o quero perder, assim tão incerto!

**********************************************************

Guardo-o de novo, no segredo do meu pensamento.

Mas ele desperta de novo em doce lamento...

***********************************************************

Without holding that warm instant awake...

And i don`t want to lose it, like that so uncertain!

....................................................................................

I keep it again, in a secret of my thought.

But he awakes again in sweet lament...

************************************************************

Liberto-o outra vez em sua gentileza,

para de novo o guardar depressa!

*************************************************************

Mantenho-o então guardado e cuidado,

e sou alento em sua sede de encanto!

****************************************************************

Freed it in his kindness,

for again to keep it quickly!

..................................................................

I keep it then guarded and care,

and i am courage for his thirst of charm!

***************************************************************

  Rosamar  Freedom 

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 01:08

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

Devoção e encantamento ( A ventura do amor )

Devotion and enchantment ( The venture of love )

 

Certeza inacabada que permito,

saber que se perde no infinito!

*******************************************

Sentimento secreto e misterioso,

que liberta o ser devoto, amoroso.

*******************************************

Certainty unfinished that i alow,

knowledge which is lost in the infinite!

..................................................................

Mysterious and secret feeling,

which release the devote, amorous being.

**************************************************

Nesse encanto que é só pensamento...

Tento, tento liberá-lo um só momento!

**************************************************

Para saber, oh só para saber,

se é real, mas não o quero perder.

***************************************************

In that enchantment that is only thought...

I try, try release it a single moment!

.....................................................................

To know, oh merely to know,

if it`s real, but i don`t want to lose him.

*****************************************************

 Rosamar  Freedom

 

   

 

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 15:44

link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Novembro de 2014

A urgência da procura da verdade

The urgency of the search for truth

 

Mundo, não sei o que procuras;

mundo, sei que em tudo te procurei,

com esta minha maneira

que se completa

com todas as palavras que da alma eu "dei"!

Em voltas e voltas do pensamento e de algumas luas,

em todas as inspirações que queimam como braseira.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

World, i don`t know what you looking for;

world, i know that in everything i look for you,

with this my way

that is complete

with all the words that from the soul i "give"!

In rounds and rounds of thoughts and of any moons,

in all the inspirations that burn as brazier.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mas em todos os falsetes. ( musical )

Só me ofereces mentiras em que ofuscas,

em que usas para bem esconder a verdade!

Mas sem desistir, sempre me prendes.

De ti, mundo, continuo a não ter nada, e em saudade,

te procuro esperando em tristes lamúrias!

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

But in all the falsettos. ( musical ) 

Merely you offer me lies in what obfuscate,

in what you use for well hide the truth!

But without give up, always rescue me.

From you, world, i continue not have nothing, and in longing,

i look for you waiting in sad whinings!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~   

Com esta gentileza da alma,

aguardo um minuto justo,

em que em tudo recuso

entregar a réstia de liberdade que me salva!

........................................................................

With this niceness of the soul, 

i wait a fair minute,

wherein in all refuse

hand over the glimmer of freedom that save me!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~ Rosamar~~Freedom~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

   

 

 

publicado por lybelinha às 12:17

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A música da alma ( Que fa...

. Criação generosa : Do abs...

. Contemporâneo ( Revelação...

. Paisagem quase rural - Al...

. Escrever o mundo (à "dist...

. Tudo o que me comove - Ev...

. A aprendizagem natural - ...

. Segredos da poesia - Sile...

. Segredos da poesia - Sile...

. Regras poéticas ( O prelú...

.arquivos

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Janela da imaginação - es...

. A criatividade do sonh...

blogs SAPO

.subscrever feeds