Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Enganar a solidão - deceive loneliness -

Por estes meus dias

fui, sem saber, enganando a solidão.

Com todas as poesias,

de secretas luas desenhadas

que tão bem enganam este meu solitário coração!

 

By these my days

i was, unknwingly, deceiving the solitude.

With all poetry,

of secret moons drawn

that as well deceive this lonely heart of mine!

------------------------------------------------------------   

Neste meu desalinhado sentir,

que vagueia por tão desejado amor...

Que não posso ter,

mas que não me deixa partir

e me faz sobremaneira prender o ser!

 

In this my messy feel,

that drift by so desired love...

Which can`t have,

but that doesn`t let me leave

and make me exceedingly hold the being!

-------------------------------------------------------------

E torno de novo, invento

em estranha alienação,

que me guarda desejada inspiração

para que tudo o que sobeja, no alento

em que escrevo em mil linhas de triste solidão!

 

And return again, invent

in strange alienation,

that keep desired inspiration

for all that what remain, in the breath

in what i write in one hundred lines of sad loneliness!    

---------------------------------------------------------------

Se as palavras constroêm toda a solidão,

esta mesma deixa de o ser...

Em dada brandura que se impôe

e perdura indelével em seu milagre a acontecer,

nas sombras, nos seres, na brisa leve de um dia de Verão!

 

If words construct all solitude,

this same ceases to be...

In given mildness that imposes

and lingers indelible in his miracle happen,

in shadows, in beings, in light breezes of a Summer day!

---------------------------------------------------------------

  Rosamar  Freedom   

 

O mundo que eu fui imaginando ( possível autobiografia que reinventa o ser )

Porque escrevo - Why i write

 

The world that i was imagining ( possible poetic autobiography which reinvents the being )

 

São todas as linhas que me inventam, fundo

na doce poética do sentido...

Neste método que insinua na coragem,

que é o chamamento do meu ser infinito

enquanto vivo, sempre a crescer em dialectica constante com o mundo!

 

Are all lines which invent me, deep 

in sweet poetic of sense...

In this method that insinuates in courage,

that is the call of my infinite being

while alive, always grow in a constant dialetic with the world!

---------------------------------------------------------------------------------

    Rosamar  Freedom