Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2014

Secreto mistério ( Do teu olhar )

Mas o que tens, não sei...

esse teu olhar,

Oh esse teu ar maravilhoso;

não se liberta, assim...

Então se guarda em mim.

Num sonho tão, tão misterioso,

enlouquece-me o sentir!

E também o pensamento

e quero muito, muito

esse tamanho sentimento

que também é todo e inteiro

pensamento de amor e louca emoção,

que assola o meu coração!


Secret mystery ( of your look )  - translation -

 

But what you`ve got, don`t know...

That your look,

oh that your wonderful mien;

Don`t frees, like that...

So keep it inside of me.

In a dream so, so mysterious,

maddens my feeling!

And also my thought

and i want much, much

that amazing feeling

that is also all and entire

thought of love and crazy emotion,

that raged my heart.


  Rosamar  Freedom +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++    

publicado por lybelinha às 00:27

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

Se te faço sonhar ( com minha alma impreparada )

  If i make you dream ( with my unprepared soul )

 

Como te escusa o que sentes,

no tempo que se torna verdadeiro

em que é escondido mistério!


How excuse you what you feel,

ln time that became truth

in that is hidden mystery!


Porque a vida corre, não espera

para sentir, o amor urgente,

num solitário coração carente!


Because life doesn`t wait

for feel, the urgent love,

in a needy and lonely heart!


Todos os entardeceres;

todos os amanheceres...

Se repetem em seu ciclo maravilhoso!


Every sunsets;

Every sunrises...

Repeats in its marvelous circle.


E na memória esquecida permanece

o esboceto que é quase encantamento,

do sonho que se desvanece no deslize do momento...


And in forgotten memory remain

The sketch that is almost spell

of the dream that fade away in the slipe of the moment...


É o mapa sentimental:

Traçado em linhas do invisível pensamento,

perfeito para se escusar sem rastro, nem sinal.


Is the sentimental map:

traced in lines of invisible thought,

perfect for excuse with out signal nor trace.


Mas se te peço tão comovida;

Não te escuses, se te faço sonhar!

Que o meu mapa sentimental está em linhas.


But if i beg you so touched;

Don`t excuse you, if i make you dream!

That my sentimental map is in lines.


  Rosamar  Freedom ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ 

   

  

publicado por lybelinha às 10:54

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2014

Dou-te palavras e mais...

    I give you words and more...

 

Estas palavras desenhadas,

por preencher instantes...

Enchem-se de vida!

Constroêm mundos distantes

são tudo o que desejares, do nada!


This words drawn,

for fill instants...

Are filled of life!

Build distant worlds

are everything what you wish, from nothing!


Raiz criativa do pensamento.

Descrevem a natureza, a amizade,

o amor, a justa forma do ser!

Todos os sentimentos e emoções a reter.

Guardadas assim no papel a tocar a verdade.


Creative root of the thought.

Describe the nature, the friendship,

the love, the fair way of the being! 

All the feelings and emotions to retain.

Kept like that on paper to touch the truth.


São abrigo do ser que recorda

e pousa a liberdade de se encontrar,

para imaginar um mundo melhor!

Só com estas palavras a se recordar,

toco o entendimento a comunicar o louvor.


They are shelter of the being that reminds

and alights the freedom of find himself,

for imagine one better world!

Only with these words to recreate.

Touch the understanding to comunicate the praise!


  Rosamar  Freedom+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++      

publicado por lybelinha às 12:15

link do post | comentar | favorito

The secret of love - all change by the feeling of love-

Above all the things,

inside my dreams

no matter i try to found...

There is nothing as sound

of my heart beating,

of my heart beating!

With the feeling of love,

with the feeling of love!

In this strange world

nothing give me the sun,

nothing give me the blue sky,

the beauty of the fly...

As i see the open wings

of a free bird,

in the diffrent mornings

change, all change

by the feelings of love!

No more desperate loneliness,

no more cold sadness.

Everything has began,

with the feeling of love,

with the feelinf of love!

The days are new, to live and learn.

The hours are special

All stand, to move on,

by the wings of inspiration of love

as a big and warm yellow sun!


  Rosamar  Freedom ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++  

publicado por lybelinha às 10:51

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2014

Memória descritiva - pela norma poética

   Descriptive memory - By poetic norm -

 

Entre as linhas da diversidade da vida,

que faz e perfaz no perfeito e na imperfeição

em linha poética fica o meio para a sua união,

como um "deus" desconhecido com sua voz criativa!


Between the lines of diversity of life,

that does and makes up in perfect and in umperfection

in poetic line stays the middle for his union,

as one "god" unknown with his creative voice!


Toda a vida da mente ampliada

a fazer escorrer sua memória nas folhas de papel.

Abstraída do mundano imparável!

Procurando sempre essa mudança adiada;

de um dia claro, feliz e justo!

Essa primordial norma poética indelével.


All the life of the mind magnified

make to drain his memory on paper sheets.

Abstracted away of unstoppable mundane!

Searching always that change so postponed;

From one happy, bright and fair day!

That primordial and indelible poetic norm.


  Rosamar  Freedom +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++    

publicado por lybelinha às 16:22

link do post | comentar | favorito

Memória descritiva - Pela norma poética -

  Descriptive memory - By poetic norm - 

 

Se todos os desejos são proibidos

trazidos pela maré dos pensamentos.

Numa ambiguação do ser em tantos escritos,

e perfazem o "relatório poético" dos sentimentos!

Transcendem-se na memória a sobreviver.


If all the desires are forbidden

brought by the tide of thoughts.

In one ambiguity of the being in many writings,

and make up the "poetic report" of feelings!

Transcend themselves in memory to survive.


Numa memória não teórica, mas sentimental!

Revelada pelo sonho sempre ancorado,

que infindamente deseja moldar o real.

Enquanto se aproxima e se distancia,

se torna longo ou breve, pronto ou impreparado.

Em descontínuo e perpétuo movimento incerto...


In a memory not theoretical, but sentimental!

Revealed by the dream always anchored,

that infinitely wish mold the real.

While get closer or becames far,

or becames long or brief, ready or unprepared.

In discontínuous, perpetual and uncertain movement...


  Rosamar  Freedom +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

   

publicado por lybelinha às 13:52

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2014

"Tamanha solidão" ( e mais "alguém" para sentir no meu sonho )

     "Huge solitude"  ( and "someone" for feeling in my dream )

 

Apenas esta grandiosa solidão,

enquanto a vida me escapa sem valer.

Algo nasceu, pois foi alguèm com amor

que semeou, cuidou e viu crescer

na força e vontade me calei, em prostração!


Merely this huge solitude,

whilst life escape me with out happen.

Something was born, for was someone with love

that sowed, cared and watch growing up

in force and will i remained silent, in prostration!


Mas de volta naquela vontade de amar;

Colei imagens, concebi palavras,

sentimentos, oh, apenas sentimentos para calar

na vergonha do silêncio, mas a crescer em mil momentos...


But back in that will of loving;

Pasted images, conceived words,

feelings, oh, only feelings for hush

in shame of silence, but to grow in one thousand moments...


Mas a minha solidão tão caprichosa

Com tamanho orgulho e certo desejo,

do meu modo de ser a lutar em seu ensejo.

O amor, oh o amor, essa rara flor viçosa!


But my solitude so capricious

With huge proud and certain desire

of my way of being to fight in his opportunity.

The love, oh the love, that rare and sappy flower!


Alguém, alguém, sempre junto no meu sonho,

era só o que se ajustava no enredo da imaginação,

para assim cantar o meu coração!


Someone, someone, always together in my dream,

it was merely what fits in plot of the imagination,

for so sing my heart!


Pensei de todas as vezes ao renascer o meu poema;

que não teria de falar de mim,

que tudo o que vou sentindo apenas

faria exalar das palavras desta pena.

Aquilo que sou e veleja o meu ser sem fim!


I thought every time to reborne my poem;

that i don`t have to talk about me,

that all i´ve feeling only

would do exhale from my words of that nib.

Such that i am and sails my being with out an end!


    Rosamar  Freedom++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ 

            

   

        

publicado por lybelinha às 16:24

link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Fevereiro de 2014

The eternal moment ( for a perfect love )

Try to write a simple song

with all pleasant things of this life.

Catch instants, make them long...

   Call soft words in lines.

Catch the better brief

    Call the brand ( virtue ) miss,

like a lover`s kiss

    In an eternal flame,

    in an eternal flame,

while falls the cold rain

   and fleeting with shinny sun!

So tender to mellow 

   and touch hand in hand

   and touch hand in hand!

Before the flourish of life

   a simple thing might

Give in his place

making the only trace,

   for a perfect( requited ) love

   for a perfect love!


     Rosamar  Freedom ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

 

publicado por lybelinha às 02:14

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2014

Lista de inspirações ténues e descontínuas - ou um jogo súbtil -

       List of discontinuous and tenuous inspirations -  or a subtle game - 

 

Tentei prepará-las e descrevê-las

em solo acidentado, difícil, terrestre,

assim explicá-las, enumerá-las

para que existissem, mesmo em terra agreste!


I try prepare them and describe them

on the terrestrial, hard and bumpy ground,

list them, explain them like that

so that existed, even on wild soil!


Mas a sua marca era volátil liberdade;

E sua única verdade era similar ao som da música...

Só em " movimento " acontecia e mudava sua qualidade!


But his mark was volatile freedom;

And his single truth was similar of the sound of music...

Only in " movement " happen and change his quality!


Não é indiferênça, é tempo desbravado!

É tempo incógnito, infinito, mas cuidado.

É tenaz relação entre invisível e inspiração,

que perpassa todos os sonhos em febril inquietação!


It`s not indifference, is grub time!

Is incognito, infinit time, but care.

Is tenacious relation between the inspiration and the invisible,

that goes through all dreams in febrile disquiet!


Rosamar  Freedom +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++        

        

publicado por lybelinha às 18:55

link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Fevereiro de 2014

Lista de inspirações ténues e descontínuas - ou um jogo súbtil -

Por entre os mil caminhos faço

a estrada da imaginação.

Voei, liberta em " mágico " acaso,

entre encontros misturados de inspiração!


Into the milion ways create

The road of imagination.

I fly, free in " magic " ramdom,

between encounters mixed of inspiration!


São referências, são admirações

são verdades, são meras ilusões...

Copiosos e restritos estados de alma em sulcos.

Ou vagos sonhos sobre o " Absoluto "!


They are references, they are admirations

they are truths, they are mere illusions...

Copious and stricts soul states in furrows.

Or vacant dreams about the " Absolute "!


São vontades de sonhos ancorados,

que se desdobram em liberdade e vida.

Vão sempre longe, voam alucinados!

Voltam cansados e retornam em esperança renascida.


They are wills of anchored dreams,

that unfold them in life and freedom.

They go always far, fly hallucinated!

Come back tired and return in reborned hope.


Rosamar  Freedom +*:++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

  

 

 

 

publicado por lybelinha às 15:42

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Segredos da poesia - Sile...

. Segredos da poesia - Sile...

. Regras poéticas ( O prelú...

. Contemporâneo ( Esquecime...

. Regras poéticas ( O prelú...

. Secret, beautiful - Among...

. Versos livres - Free vers...

. Inútil eloquência? - Usel...

. Confusão, ilusão e expres...

. Egoísta, talvez não - Sel...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Janela da imaginação - es...

. A criatividade do sonh...

blogs SAPO

.subscrever feeds