Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Poética da alma

Criei este espaço completamente livre com o motivo de mostrar que é possível dar voz ao pensamento liberto na verdadeira expressão do espírito e da alma e as suas paixões! Um sonho inspirado em liberdade e amor.

Eremita da poesia

Não sei se por descuido ou por medo...

Não sei se por desatenção ou desapego.

Não sei se por imaginação em construção

que me vou mantendo em rimas de solidão!

 

Não sei se por prezar toda a liberdade.

Que me dá a fala da origem poética.

Que se liga derradeiramente à originalidade,

numa construção na simplicidade enfática!

 

Talvez na dúvida misteriosa 

vive e respira em tácito relevo...

que se encontra na razão inspradora.

Semeando claridade tão confiante e zelosa!

 

Um sentimento tangível que se revela.

Em cada linha transversal do papel.

Procurando ilustrar um manual invisível,

sem limites, preferências, dado a tenaz descoberta!

 

Contemplação não funesta, mas encadeada.

No olhar que parte da essência e torna-se verso.

E busca sem cessar o pulsar do universo!

intermitente no encadeamento que a natureza exalta... 

Rosamar  Freedom

 

    

A minha maneira de ver o mundo - cruzar do mundo interior com o mundo exterior

Interiorizado no meu pensamento,

deixo escapar o que tenho dentro.

No intrínseco desejo de entendimento;

Não só comigo neste triste lamento.

 

Vejo o mundo do meu modo...

Talvez o idealize como novo,

O idealize como um renascer,

ou então numa junção, eu e ele a crescer!

 

Não se abrem caminhos fechados ou vedados.

 Abrem-se caminhos de descoberta e liberdade!

Confundo assim o sonho e a realidade...

Neste carecimento que trazem os dias tristes e calados.

 

Embrenho-me num reecontro com a felicidade.

De momentos breves, mas infinitos na memória.

No auge da conquista do clarear da verdade!

Que é a esperança que existe no sonho que é glória.

 

São possíveis, sim são possíveis, os sonhos realizados.

Em sua luta sem tréguas, entre mim e as palavras,

tento a custo as suas possibilidades autenticadas.

E desenhando as letras, vou confundindo os dois mundos!  

Rosamar  Freedom

 

Do papel para a vida ( linhas de pensamento que se debatem )

Percorri estes meus mapas em construção

Que me incluiram na geografia do ser

Nos ideais humanos identificados na palavra 

que submetem em eufemismos de esperança

tudo o que se constroi no querer

Em tudo o que transparece no papel  em impressão

 

Esta pseudo-liberdade que quer viver

Reclama direitos edificados pela construção 

Eloquência e coragem em constante luta

Episódios de vida que vem, vai e muda

Não se completa, como eterna omissão

Que não desiste numa procura em prevalecer

 

É sempre essa objectiva-subjectiva direcção

Mesclada com todas as vontades e desejos

Na sua leitura que se vai orientando

em desatada surpresa que formando

O mapa de um mútuo entendimento em ensejos

de perspectivas e possibilidades com alma e coração   

 

Tradutores néon liderados pelo bem

Tornam possível a reiterada procura

De tão ansiada tansparência e limpidez

Desenhadas pela gramática do verbo cortez

Que alcança sem medo a positividade pura

Entre linhas em branco que se conjugam e debatem!

 

 

Rosamar  freedom

Origem da criatividade artistíca ( em contracorrentes )

Nascente de origem obscura, tal qual enigma

Bebo nessa fonte, aquela que não sei

Calada nas horas e segundos do dia que desconheço

Num misterioso ritmo a que me afeiçoo com estima

Critérios não revelados a que me dei

Criação secreta, bela na dúvida de tudo o que é esboço

 

Jamais lhe hei-de motivar à explicação

É nascente na deriva ou talvez na solidão

Descansa e perpassa na luz que é transparente

Me ajuda nesta luta tão premente

Tem mil direcções, num desenvolvimento tão carente

Abarca a beleza dos corações e não perece à corrente

 

Desenha-me as letras, sem que me impeça

Intenções, claras emoções, sentimentos que desaguam

Nessas extremas contracorrentes que de tudo impugnam

força libertadora impávida, pura e tão dispersa

Funde-se numa união sem saber que desperta

No pulsar da vida que se agita e nasce de forma incerta!    

 

Rosamar  Freedom     " Era assim que julgava o caminho de toda a sabedoria que se designava com essa forma estranha de contracorrentes " .