Sexta-feira, 18 de Maio de 2018

Egoísta, talvez não - Selfish, maybe not

Esta felicidade: A ideia é mais forte em mim  - This happiness: The idea is stronger in me 

Palavras podem-se transformar em pó na caminhada vã;

mas sem elas nem um verso no coração?

A minha alma seria tantos versos em branco, em nada!

Ser artista é pensar no mundo como expressão,

na incerteza de o idealizar num novo amanhã...

 

Words can turn into dust on the empty walk;

but without them nor a verse in my heart?

My soul would be so many blank verses, in nothing!

To be an artist is to think of the world as an expression,

of the uncertainty of idealizing it in a new tomorrow...

 

Artista por não se entender que se esconde;

é figura tão secundária

para misturar no seu sonho de verdade:

todas as suas aspirações sem ter nome,

só com uma "exigência de liberdade"

 

Artist for not understanding himself is hiding;

it is such a secondary figure

to mixture in your true dream:

all yours aspirations without having a name,

merely with a "requirement of freedom"

 

O tempo o acolhe para o revelar:

no desejo determinado

nas suas asas que querem voar...

E sem um segundo de esperança, bonança

todo o seu céu se encobria, enublado!

 

Toda a sua aventura:

é um poema simulado

numa felicidade que perdura... 

Que é implícita no seu mundo acordado

na sublime mudança como beijo apaixonado

 

Rosamar  Freedom

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 15:05

link do post | comentar | favorito

Música, feita minha - Music, made mine

Invenção natural que me acolhe sincera:

em todos os meus pensamentos,

na edificante, ampliada nostalgia;

que me faz versejar na melhor fantasia

secretamente no súbtil de melhores momentos...

Perspectiva romântica de frágil balanço que se esmera!

 

Natural invention that wellcomes me sincerely:

in all my thoughts,

in uplifting, extended nostalgia;

that makes me rhyme in the best fantasy

secretly in the subtle of the better moments...

Romantic perspective of fragile balance that strives!

    Rosamar  Freedom

 

 

publicado por lybelinha às 14:12

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Maio de 2018

Sonho inventado ( o segredo do sol, da lua e do namorado)

Invented dream ( the secret of the sun, the moon and the boyfriend )

                Projecções - Projections

Serei tudo, todo o teu abrigo;

deixo de viver para continuar

sempre a sonhar

para sentir o devir e o perigo

 

I`ll be your everything,all your shelter;

i stop living

to always dream 

to feel the future and the danger

 

Neste meu pensamento a voar

com o segredo da inspiração;

sem querer deixar o coração

por todo o desejo que não quer acabar.

 

In this thought flying

with the secret of inspiration;

without wanting leave the heart

for all the desire that does not want to end.

 

Fui só sem ninguém,

neste entusiasmo infindo

para tanta emoção que não minto!

E a imaginação a sonhar é meu calor e refém

 

I went alone with no one,

in this inflexible enthusiasm

for so much emotion that i do not lie!

And the imagination dreaming is my heat and hostage

 

Mas não há solidão sem namorados;

e todos os conhecidos, o sol e a lua

não eram segredos, na luta que regula

o sol na noite e a lua diurna nos sonhos revelados...

 

But there is no loneliness without boyfriends;

and all known, the sun and the moon

were no secret, in the fight that regulates

the sun at night and the daytime moon in dreams revealed...

 

E se foi perdendo este meu sonho inacabado

sempre escondendo o namorado principal:

na procura do perfeito carácter, o ideal;

inconstante projecção da aspiração qualitativa do ser

       reflectido no amor apaixonado Inventado

 

And if it was losing this unfinished dream

i always hide the main boyfriend:

in search of the perfect character, the ideal;

inconstant projection of the qualitative aspiration to be

        reflected in passionate love invented

     Rosamar  Freedom

 

  

 

 

 

publicado por lybelinha às 16:06

link do post | comentar | favorito

Acumular experiências intensas (no coração e traição do mistério da vida)

Accumulating intense experiences(in heart and betrayal of the mystery of life)

"Poesias são experiências intensas e misteriosas entre o sonho e a realidade"

"Poetry are intense and mysterious experiences between dream and reality"

 

Essa separação tão dolorosa,

que me traz o requebro da memória;

a vida a sentir como o espinho da rosa,

que permite respirar na dor de saber a glória

de que a intercepção da vida é pura dor e contradição!

 

This separation so painful,

which brings me the quaver memory;

life to feel like the thorn of the rose,

that allows you to breathe in the pain of knowing the glory 

that the interception of life is pure pain and contradiction!

 

Mas intervalos de alegrias e tristezas

recomeçam sempre a liberdade presente,

da curiosidade de tantas experiências ilesas;

que se desvanecem em sonho e verdade

para voltar a querer viver intensamente...

 

But intevals of joys and sorrow

always begin again the present freedom,

of the curiosity of unharmed experiences;

which vanish into dream and truth

to return to want to live intensely...

 

No labirinto da vida tão verdejante e desconhecido

preparo-me tantas vezes para tudo:

o que não tem alma, não tem alma, é só voragem...

Mas, dentro de mim, de novo a coragem

de seguir viagem no meu sonho perdido!

 

In the maze of life so green and unknown

i prepare myself so often for everything:

that has no soul, no soul, is just vorage...

But within me, again the courage

to continue my journey in my lost dream!

 

E se tudo o que sinto tão perfeito no meu coração,

é demasia e sobra tão invisível num doce lamento;

que tem destino trágico sem reconhecimento:

tanto sentimento numa longa "canção de solidão".

Sua música será finalmente intensa duração:

         em seu único momento

 

And if everything that feels so perfect in my heart,

it`s to much and so invisible in a sweet lament;

who has tragic destiny without recognition:

i feel so much in a long "song of solitude".

Your music will finally intense duration:

            in your single moment

    Rosamar  Freedom

 

publicado por lybelinha às 12:48

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Maio de 2018

Epistemologias (da validade do conhecimento)

Epistemologies (of validity of knowledge)

O espelho da mente - The mirror of mind

Quadros imaginativos,

em que dúvida e aquisição

se misturam em pensamentos esquivos;

que na janela do meu olhar e razão

concebo um mundo sempre em construção!

 

Imaginative frames,

in which doubt and acquisition

mingle in elusive thoughts;

that in the window of my gaze and reason

conceive a world always in construction!

 

Eis, que finalmente espreito a medo:

em que a solidão se esvai inquieta

a procurar o mundo lá fora;

para além das memórias da alma que cedo

sonhou para tudo o que a desperta,

em que idealiza na inspiração da fascinação que demora

 

Behold, i at last lurk in fear:

that loneliness will fade restlessly

to seek the outside world;

beyond the memories of the soul that soon

dreamed for everything that awakens it,

in which it idealizes in inspiration of fascination that lingers

 

                Empirismo sensorial - Sensory empiricism 

 

Abro a janela para me aproximar

de um mundo que se estende lá fora, imenso...

na sugestão de sua verdadeira percepção,

sem o distorcer nem o determinar na saudade:

numa utopia da minha imaginação;

mas ser presente a uma realidade 

         na percepção ocular do meu senso.

 

I open the window to approach

a world that lurks outside, immense...

At the suggestion of your true perception,

without distorting it or determining it in longing:

in an utopia of my imagination;

but to be present to a reality

in the ocular perception of my sense.

 

     Rosamar  Freedom

 

         

 

 

 

publicado por lybelinha às 20:44

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Abril de 2018

Do prosaico tão longo - Of the prosaic so long

Insegura por não desejar

estas emoções que são sem jeito,

vazias e sem parar.

Dentro e fechadas no coração e no meu peito.

E num contexto que falha em

tudo o que seria melhor para mudar

 

Alegrias para outros terem,

que o seu sucesso talvez os detenha

num vazio de que não terei inveja.

E todos desejam o que eles querem tão parecido;

E assim o prosaico existe e se desenha:

na ideia errada tão vaga de sentido

 

Esta imagem encantadora que me deixa tão só:

o mundo material que se consome

em tudo que nada significa para mim!

Faz-me sentir um tédio sem fim...

Toda a vulgaridade tem toda a inspiração que some.

E torno-me no mais corriqueiro e comum dos mortais no chão do pó

 

   Translation:

Insecure not to wish

these emotions are awkward, 

and empty nonstop.

Inside and closed in the heart and in my chest.

And in a context that fails in

all that would be best to change

 

Joys for others to have,

that their success may hold them

in a void that i will not be envious.

And everyone wants what they want so much like;

And so the prosaic exists and is drawn

into the very vague idea of meaning 

 

   Rosamar  Freedom

 

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 16:18

link do post | comentar | favorito

Misteriosa poética (exuberante, profunda)

Mysterious poetics (exuberant, deep)

Habitualmente tão perecível,

por ser desejo de liberdade

em seu rumo determinado;

por tocar o instante tão calado:

por ser o âmago, coração invisível.

 

Usually so perishable,

because it is a desire for freedom

in its determined course;

by touching the silent moment:

because is the core, the invisible heart.

 

Como guia secreto sem desfecho,

não se apaga em seu passado;

emoção secreta, imagens presas:

a arte de uma solidão à qual emprestas

um futuro a sonhar em seu ensejo...

 

As secret guide without an end,

does not go out in your past;

secret emotion, trapped images:

the heart of a solitude to which you lend

a future to dream in your opportunity...

 

Nessa inspiração reclama saída,

que não anula expectativas

em sua continuidade mágica, silenciosa.

Que tem seu eco na alma preciosa

doando seu fascínio na soma da imaginação vivida!

 

In this inspiration he demands a way out,

which does not negate expectations

in his magical, silent continuity.

That has its echo in the precious soul

donating your fascination to the sum of your lived imagination!  

 

   Rosamar  Freedom

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 14:07

link do post | comentar | favorito (1)
Sexta-feira, 13 de Abril de 2018

Realidade tão invisível, tão humana - Reality so invisible, so human

     "O que é real?"     "What`s real"?

 

No quadrante do desejo real

renasce o mistério da felicidade,

que é procura do meu ideal

que faz parte de minha verdade.

Essa ambição onde se esconde a esperança leal!

 

Posso lê-la nos teus olhos cheios de sentidos,

nas tuas palavras a parecerem banais;

nos teus gestos intuitivos,

ou nas tuas emoções reais;

ou nos teus sonhos reprimidos!

 

In the quadrant of the real desire

the mystery of happiness reborn,

which is the search for my ideal

which is part of my truth.

This ambition where loyal hope hides!

 

I can read it in your eyes full of senses,

in your words that seem banal;

in your intuitive gestures,

or in your real emotions;

or in your repressed dreams!

 

Nos intervalos das tuas palavras certas,

na cadência certa da tua voz medida

na imaginação do teu olhar que preparas e emprestas;

na revelação que é interrogação perdida

e nos instantes em que o meu pensamento tem

                    claridades incertas!

 

In the interval of your right words,

the right cadence of your measured voice 

in imagination of your gaze you prepare and lend;

in revelation which is lost interrogation

and in the moments my thought has

             uncertain clarities!

 

Seduz-me todo esse mundo,

que relata uma história desconhecida

toda envolvida no modo profundo.

Em cada vez que o meu coração medita:

é intento, inspiração em tudo o que é puro se esconde e incita

 

Seduce me all this world,

that tells a story unknown

all involved in the deep way.

Every time my heart meditates:

is intent, inspiration in all that is pure hides and incites

 

      Rosamar   Freedom  

 

 

   

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 16:35

link do post | comentar | favorito

Egoísta, talvez não - Selfish, maybe not

            Esta felicidade - This happiness

Perpassam tantos dias e noites,

que nada me fez querer

que a solidão pernoite;

só para que muito me faça ter

o habitual sentimento...

 

Pervade so many days and nights,

that nothing made me want to

loneliness overnight;

just so that it makes me have

the usual feeling...

 

Por ser o pensamento tão grandioso,

na literal forma de alteridade

nada é tão precioso:

como altruísmo em tanta saudade

em nada que seja sentir egoísmo!

 

Because the thought is so great,

in the literal form of alterity

nothing is so precious:

as altruism in so longing

for nothing that is selfishness!

 

A escrever só naquela ilusão,

que já sei ser universal.

Mas, não é jamais indecisão,

mas pode determinar perdição o mundo mudar;

que alivia o medo de se tornar

impossível como inspiração!

 

Writing only in that illusion,

which i already know to be universal.

But it is never indecision,

but it can determine doom the world change;

may the fear of becoming

impossible as inspiration!

 

   Rosamar  Freedom

 

 

 

publicado por lybelinha às 15:39

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Abril de 2018

Poesia e "nonsense" - Poetry and nonsense

        "Aspirações poéticas" - "Poetic aspirations"

 

Pelas crenças que acalento

aventuro-me no meu sonho;

É todo o meu alento,

em tudo o que reparo e olho:

me traz tantos lugares,

que vêm com o sol e todos os luares!

 

By the beliefs i cherish

i venture into my dream;

it`s all my courage,

in everything i repair and look:

brings me so many places,

that come with the sun and the moonlight!

 

Reclamo todo o sentido da vida,

que tanto me ensina

no seu ciclo modelar;

que partilha por atenção devida.

Nada é tédio, mas descoberta quase divina

 

I claim all the whole meaning of life,

which teaches me so much

in its modeling cycle;

that it shares due attention.

Nothing is boring, but almost divine discovery

 

Poeta que deambula em busca

da sensação máxima da exaltação;

em que o quotidiano da realidade lhe recusa.

Perde-se na vibrante liberdade "no sense" na expressão

que lhe traz tristeza e loucura obtusa...

 

Poet who wanders in search

of the highest sensation of exaltation;

in which the reality of everyday life refuses him.

It is lost in the vibrant freedom "no sense" in expression

which brings you sadness and dull madness...

 

Em caminhos sem sentido, irreais,

que tornam a maravilhosa inspiração

em tragédias surreais:

versejar aleatório "no sense"...

Por tudo o que a alma tem sofrido e se vence;

que o cerne da vida é cheio de sentido,

        na mais pura exaltação!

 

On meaningless, unreal paths,

that make the wonderful inspiration

in surreal tragedies:

rime random nonsense...

For all that soul has suffered and feel defeated;

that the core of life is full of meaning

            in pure exaltation!

Rosamar  Freedom

*A arte é uma reduplicação da vida, uma espécie de simulação nas "surpresas" que excitam a nossa consciência e a impedem de cair no sono. "O artista não cria como vive, mas vive como cria". Jean Lescure  

*Art is a reduplication of life, a kind of simulation in "surprises" that excite our consciousness and keep you from falling asleep."the artist doesn´t create as he lives, but lives as he creates". Jean Lescure   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por lybelinha às 16:49

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Egoísta, talvez não - Sel...

. Música, feita minha - Mus...

. Sonho inventado ( o segre...

. Acumular experiências int...

. Epistemologias (da valida...

. Do prosaico tão longo - O...

. Misteriosa poética (exube...

. Realidade tão invisível, ...

. Egoísta, talvez não - Sel...

. Poesia e "nonsense" - Poe...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Janela da imaginação - es...

. A criatividade do sonh...

blogs SAPO

.subscrever feeds