Sábado, 1 de Julho de 2017

Permissão (para contextualizar a inspiração na criação)

Permission (to contextualize the inspiration in creation)

Por mais longe que esteja e me julgue perdida;

as impressões confusas,

que me desviam

do meu querer e vontade viva.

E me trazem horas mortas e recusas!

 

However  far i am and feel lost;

confused impressions,

that divert me

of my will and living will.

And bring me dead hours and refusals!

 

São todo o meu começo,

que me faz recusar o medo preso

de tudo o que é mau e adverso.

E para o que amo é o meu reverso;

é sempre assim que regresso!

 

Are all my beginning,

that makes me refuse the fear trapped

by all is evil and advers.

And what i love is my reverse;

it is always like this that i return!

 

Em nome da liberdade,

só a mim é permitido

sempre certa vaidade,

que quer ignorar coisas vãs:

porque todas as manhãs o dia já tinha nascido!

 

In the name of freedom,

only to me is allowed

always a certain vanity,

that wants to ignore empty things:

because every morning day was already born!

 

   Rosamar  Freedom

 

 

 

    

 

  

 

 

 

publicado por lybelinha às 15:48

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Rimas universais (na busc...

. In love (with all my devo...

. A felicidade do acaso (do...

. Music so blue - Crying sa...

. Adivinho ( Artista ) - Do...

. Aceitação - Acceptance

. Um sonho inacabado (ideal...

. O meu sonho é do Demiurgo...

. Praia do norte (vento e m...

. Praia do norte (vento e m...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Janela da imaginação - es...

. A criatividade do sonh...

blogs SAPO

.subscrever feeds